sicnot

Perfil

Economia

Cavaco Silva participa hoje em Roma no X Encontro COTEC Europa

O Presidente da República participa hoje em Roma no X Encontro COTEC Europa, que contará também com a presença dos chefes de Estado de Espanha e Itália, além do comissário europeu Carlos Moedas e centenas de empresários.

© Vincent Kessler / Reuters

O programa da deslocação do chefe de Estado, Aníbal Cavaco Silva, a Roma, onde chegou na terça-feira ao final do dia, tem início de manhã, com um encontro com os empresários portugueses participantes no X Encontro COTEC Europa, na residência da embaixada de Portugal.

À tarde, o Presidente da República seguirá para o CNR - Consiglio Nazionale delle Ricerche, onde irá decorrer o encontro da associação empresarial COTEC.

Na sessão técnica, marcada para as 15:00 locais, irão intervir os diretores-gerais da COTEC de Itália, Claudio Roveda, Portugal, Daniel Bessa, e de Espanha, Jorge Barrero Fonticaba.

Às 16:30, o chefe de Estado português irá encontrar-se com o rei Felipe VI de Espanha e com o Presidente italiano.

Meia hora mais tarde terá início a sessão de encerramento do encontro da COTEC, onde vão discursar os Presidentes da República de Portugal e Itália, Sergio Mattarella, e o rei de Espanha, Felipe VI. Está igualmente prevista uma intervenção do comissário europeu para a Investigação, Inovação e Ciência, Carlos Moedas.

O rei emérito de Espanha, Juan Carlos, fundador da COTEC Espanha e co-fundador da COTEC Europa irá também assistir à sessão de encerramento.

Juan Carlos deverá também estar presente no jantar oficial oferecido pelo Presidente italiano em honra dos chefes de Estado português e espanhol.

No encontro COTEC Europa deste ano vai ser dada continuidade aos trabalhos da última reunião, realizada o ano passado em Lisboa, focados na reindustrialização e no seu papel na promoção do crescimento económico e na criação de postos de trabalho qualificados.

Participam no encontro centenas de empresários dos três países, ligados à inovação tecnológica e à competitividade industrial.

O Presidente da República regressa quinta-feira ao final da manhã a Portugal.

A COTEC Portugal - Associação Empresarial para a Inovação, foi constituída em abril de 2003, na sequência de uma iniciativa do então Presidente da República Jorge Sampaio, e conta atualmente com 366 associados.

Lusa

  • Não houve negligência médica no caso do jovem que morreu em São José
    2:33

    País

    Afinal, não houve negligência médica no caso do jovem que morreu há cerca de um ano no Hospital de São José, vítima de um aneurisma. Esta é a conclusão da Ordem dos Médicos e dos peritos do Instituto de Medicina Legal. Segundo o jornal Expresso, todos os relatórios relatórios pedidos pelo Ministério Público e pelo Centro Hospitalar de Lisboa Central dizem que o corpo clínico do hospital não teve responsabilidades na morte de David Duarte.

  • Jovens estariam de fones e poderão não ter ouvido comboio a aproximar-se
    1:47

    País

    As adolescentes, de 13 e 14 anos, encontradas mortas junto à linha do norte perto de Coimbra podem não ter ouvido a aproximação do comboio, uma vez que estariam de auriculares. Os corpos só foram descobertos 36 horas depois do desaparecimento das jovens, aparentemente vítimas de um descuido fatal.

  • Patti Smith engana-se na música de Bob Dylan durante cerimónia dos Nobel
    1:49

    Mundo

    Os prémios Nobel deste ano já foram entregues. Bob Dylan não compareceu à entrega do galardão da Literatura e fez-se representar pela amiga Patti Smith, que teve um bloqueio enquanto cantava "A Hard Rain's A-Gonna Fall" do músico. O Presidente da Colômbia Juan Manuel dos Santos foi distinguido com o Nobel da paz pelo acordo que alcançou com as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia.

  • CIA acredita que Trump foi ajudado por piratas informáticos russos
    1:24

    Eleições EUA 2016

    As eleições nos Estados Unidos da América já terminaram e o Presidente está eleito. Contudo, Barack Obama quer saber se os russos tentaram mesmo influenciar o voto e ao mesmo tempo perceber o que os serviços secretos aprenderam com todas as fugas de informação durante a campanha. Já a CIA diz não ter dúvidas: para os serviços secretos norte-americanos, Donald Trump foi ajudado por piratas informáticos.