sicnot

Perfil

Economia

Fornecedora da Apple fecha fábrica na China devido a queda das vendas do iPad

A fabricante eletrónica taiwanesa Coretronic, fornecedora de ecrãs da norte-americana Apple, vai encerrar a produção numa das suas principais fábricas, no leste da China, devido à queda das vendas do iPad em todo o mundo.

© Max Rossi / Reuters

Segundo informa hoje o jornal oficial China Daily, a fábrica, localizada em Nanjing, a capital da província oriental chinesa de Jiangsu, a 300 quilómetros a norte de Xangai, não só parou a produção como iniciou o procedimento administrativo para liquidar os seus ativos por falência.

A unidade, estabelecida em 2005, fabricava módulos de iluminação posterior com ecrãs de cristal líquido (LCD) para os 'tablets' iPad, e conta com mais de 1.500 funcionários, os quais chegaram a produzir um milhão de unidades mensais.

Após cumprir a última encomenda, no início deste mês, a fábrica ficou sem novos pedidos e espera-se que complete a sua liquidação até ao final do ano, apesar de a empresa não ter confirmado se os empregados vão ser despedidos.

A Coretronic é um dos três maiores fabricantes mundiais de módulos de ecrãs LCD e de dispositivos óticos similares e tem outras seis fábricas na China, incluindo nos dois principais polos de alta tecnologia do país: Xangai e Cantão.

  • Corpos de portuguesas trasladados segunda-feira 
    1:27
  • Incendiários vão passar o verão com pulseira eletrónica

    País

    Os tribunais vão poder condenar os incendiários a penas de prisão domiciliária, com pulseira eletrónica, durante as épocas de incêndio. A nova lei foi aprovada na semana passada, na Assembleia da República, e aguarda a promulgação do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa.

  • Estado vai tomar posse de terras abandonadas

    País

    O Governo vai recorrer ao Código Civil para permitir que o Estado tome posse de terras ao abandono. À margem da entrevista ao Expresso, o primeiro-ministro anunciou que o Governo irá acionar o artigo 1345º do Código Civil, que estabelece que as coisas imóveis sem dono conhecido se consideram do património do Estado.

  • "Trump, deixe-me ajudá-lo a escrever o discurso"
    0:47

    Mundo

    Arnold Schwarzenegger diz que Donald Trump tem o dever moral de se opor ao ódio e ao racismo. Num vídeo publicado nas redes sociais, o ator norte-americano e antigo governador da Califórnia encenou o discurso que Donald Trump devia ter. 

  • Hino da SIC tocado pela viola beiroa
    2:22