sicnot

Perfil

Economia

Portucel com resultado líquido de 141,9 milhões de euros até setembro

A Portucel obteve um resultado líquido de 141,9 milhões de euros nos primeiros nove meses de 2015, um crescimento de 6,6% face aos 133,1 milhões registados no período homólogo de 2014.

A Portucel informou, em comunicado, que o seu volume de negócios cresceu 5,8%, para 1,2 milhões de euros, com "evolução favorável do preço da pasta e do papel". (Arquivo)

A Portucel informou, em comunicado, que o seu volume de negócios cresceu 5,8%, para 1,2 milhões de euros, com "evolução favorável do preço da pasta e do papel". (Arquivo)

LUSA

Num comunicado enviado esta manhã à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Portucel informa que o seu volume de negócios cresceu 5,8%, para 1,2 milhões de euros, com "evolução favorável do preço da pasta e do papel".

O EBITDA (resultados antes de impostos, juros e amortizações) atingiu 294 milhões euros, aumentando 23,2%.

O grupo afirma ter avançado com o seu plano de desenvolvimento estratégico, tendo concluído algumas etapas como "o arranque da nova capacidade de pasta em Cacia", que permitiu "um aumento de produção anual de 20%".

O comunicado enviado ao regulador do mercado destaca também a "conclusão e arranque da segunda máquina de produção de 'tissue' em Vila Velha de Ródão" e a "construção e inauguração do Viveiro de Luá, na Zambézia, com capacidade para produzir 6 milhões de plantas clonais por ano".

A Portucel sublinha ainda a "decisão de crescimento no segmento 'tissue', reforçada com a opção de investimento de 121 milhões numa nova linha integrada, com capacidade de 70 mil toneladas por ano (condicionada à decisão favorável sobre a candidatura aos incentivos financeiros e fiscais)".

A papeleira refere ainda que o rácio de endividamento se manteve "em níveis prudentes".

Lusa

  • Alemães protestam contra a Extrema-Direita
    0:39
  • Incêndio urbano em Coimbra deixa cinco pessoas desalojadas

    País

    Um incêndio numa habitação na cidade de Coimbra deixou este domingo cinco pessoas desalojadas, disse à agência Lusa fonte dos Bombeiros Sapadores. Fonte do Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra adiantou que o fogo destruiu uma parte substancial de um edifício de três andares em frente à sede da Associação Académica de Coimbra, na rua Padre António Vieira.