sicnot

Perfil

Economia

Banco de Portugal deteta 4.096 notas contrafeitas no 1º semestre

O Banco de Portugal informou hoje que foram retiradas de circulação 4.096 notas contrafeitas de euro em Portugal durante o primeiro semestre deste ano, o que representou menos de 1% das notas contrafeitas detetadas na zona euro.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Rafael Marchante / Reuters

Segundo o boletim semestral "Notas e Moedas", a nota de 20 euros foi a mais contrafeita neste período, tendo representado mais de metade (2.376) das notas retiradas de circulação em Portugal.

Esta tendência também se verificou no eurosistema, em que foram retiradas de circulação mais de 450 mil notas contrafeitas, das quais cerca de 250 mil eram de 20 euros. Em segundo lugar, tanto em Portugal como na zona euro, surgem as notas de 50 euros.

"As contrafações detetadas em circulação, durante o período em análise, são de qualidade regular e podem ser facilmente identificadas, recorrendo apenas a uma observação cuidada dos elementos de segurança da nota de euro, através da metodologia "Tocar - Observar - Inclinar", e sem necessidade de instrumentos auxiliares de verificação", adianta o Banco de Portugal.

Segundo o supervisor bancário, "sempre que se suspeite da genuinidade de uma nota, dever-se-á comparar nota suspeita com outra em que haja certeza da sua autenticidade, procurando sobretudo identificar eventuais diferenças".

No mesmo período, foram retiradas da circulação 1.735 moedas contrafeitas em Portugal, o que representa uma redução de cerca de 30% em comparação com o semestre anterior.

A moeda de dois euros, representando 73% do total das moedas apreendidas em circulação, continua a ser a mais contrafeita, revela a instituição.

O volume de moedas contrafeitas retiradas da circulação em Portugal representa cerca de 2,2% do total apurado no eurosistema.

Lusa

  • As camisolas de Natal da família real britânica

    Mundo

    O espírito natalício invadiu ontem o Museu Madame Tussauds, em Londres. Foram reveladas as novas figuras de cera da família real britânica - cada membro enverga uma camisola de espírito festivo, com cãezinhos "reais" e "gingerbreadmen" de gosto duvidoso.

  • Os dias na Terra estão a ficar mais longos

    Mundo

    Os dias estão a tornar-se mais longos, mas impercetivelmente, porque vão ser precisos 6,7 milhões de anos para aumentarem um minuto, segundo um estudo publicado quarta-feira pela Proceedings A da Royal Society britânica.

  • As novas rotas da TAP em 2017
    1:59

    Economia

    No próximo ano, a TAP vai passar a voar para o Canadá. Além de Toronto, a companhia aérea vai também abrir cinco novas rotas para a Europa e aumentar algumas frequências. Fique a conhecer quais são.

  • Leica: a marca lendária entre os fotógrafos
    5:54