sicnot

Perfil

Economia

Congresso dos EUA aprova orçamento para os próximos dois anos

O Senado dos EUA deu luz verde aos orçamentos do país para 2016 e 2017, aprovados na quarta-feira pela Câmara dos Representantes, pondo fim a um cinco anos de constantes confrontos entre republicanos e a Casa Branca.

© Jonathan Ernst / Reuters

Numa votação decorrida ao início da madrugada e por 63 votos a favor e 34 contra, o Senado norte-americano 'carimbou' as contas previamente acordadas pelos líderes do Congresso e a Administração de Barack Obama, as quais elevam o teto da dívida até 2017.

A maioria republicana do Congresso dos EUA e a Casa Branca anunciaram na segunda-feira ter alcançado um acordo, num raro compromisso em matéria orçamental que visava eliminar o risco de incumprimento no período que resta à presidência de Barack Obama.

O texto define os orçamentos para os anos fiscais 2016 e 2017 e autoriza o Tesouro a continuar a contrair empréstimos no mercado até 15 de março de 2017, assegurando, portanto, que Barack Obama não terá de gerir mais crises orçamentais até à sua saída da Presidência, em janeiro desse ano.

O Tesouro tinha fixado 03 de novembro como prazo máximo para o Congresso votar um aumento do limite legal da dívida federal, um montante em dólares revisto regularmente em alta pelo Congresso.

Sem esta votação, Washington arriscava acabar em 'default' (incumprimento).

Lusa

  • Rui Vitória não espera facilidades frente ao Tondela
    1:34

    Desporto

    O líder do campeonato, o Benfica, recebe este domingo o último classificado, o Tondela. Na conferência de antevisão do encontro, Rui Vitória afirmou que não espera facilidades. O treinador do Benfica falou ainda de Sebastian Coates.

  • Advogados de Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático
    2:13

    Operação Marquês

    Os advogados de José Sócrates queixam-se de bullying processual e mediático e garantem que o antigo primeiro-ministro nunca favoreceu Ricardo Salgado ou o Grupo Espirito Santo. Segundo o Expresso, o presidente da Escom, Helder Bataglia, terá admitido que Ricardo Salgado utilizou uma conta bancária do empresário, na Suíça, para passar 12 milhões de euros a Carlos Santos Silva, alegadamente para o amigo José Sócrates.

  • Marine Le Pen diz que Brexit terá efeito dominó na UE
    0:39

    Brexit

    Marine Le Pen diz que o Brexit vai ter um efeito dominó na União Europeia. Durante um congresso da extrema-direita, a líder da Frente Nacional francesa afirmou que a Europa vai despertar este ano em que estão marcadas eleições em vários países, como a Alemanha e a Holanda.