sicnot

Perfil

Economia

Estado pode ter perdido mais de 500 milhões em benefícios e isenções fiscais em 2013

O Fisco não sabe exatamente quanto é que perde todos os anos com os benefícios e isenções fiscais que concede a milhares de entidades. Oficialmente foram contabilizados mais de mil e 600 milhões de euros de perda de receita em 2013, mas o montante real é bastante superior.

SIC/Arquivo

SIC/Arquivo

Uma auditoria do Tribunal de Contas à Conta Geral do Estado de 2013 mostra que o controlo do Fisco tem falhas que não permitem uma quantificação exata da receita que o Estado deixa de receber.

O Tribunal de Contas analisou uma amostra de 146 operações que oficialmente representavam uma perda de 345 milhões de euros mas descobriu que a perda real era superior e 500 milhões de euros entre irregularidades de outras operações não quantificadas.

O Tribunal de Contas recomenda ainda ao governo que reúna toda a informação sobre o número de entidades envolvidas e o valor das perdas para o Estado.

  • Ministra tem condições para ficar?
    1:57
  • Proteção Civil garante que já não há desaparecidos
    1:40
  • "Depois de sair da autoestrada o vidro do carro ainda estava a ferver"
    2:01
  • Os testemunhos emocionados de quem perdeu quase tudo nos fogos
    2:10
  • A primeira moção de censura ao fim de quase dois anos
    1:42

    País

    O CDS-PP avançou com uma moção de censura ao Governo, perante o que chama de falha do Governo na proteção das pessoas. O PSD apoia a iniciativa. António Costa fala num ato natural da democracia. Esta é a primeira moção de censura que o Governo socialista enfrenta ao fim de quase dois anos de mandato.

  • "Agora é tempo de decidir e executar"
    1:27

    País

    O primeiro-ministro reuniu-se esta terça-feira com os autarcas das zonas mais afetadas pelos incêndios e visitou os feridos, que continuam internados no Hospital de Coimbra. António Costa diz que o tempo das respostas começa agora.

  • Norte-americana foi à discoteca e tornou-se princesa

    Mundo

    A história de Ariana Austin é quase como um conto de fadas moderno. A jovem vai até ao baile, onde conhece o seu príncipe. Só que a norte-americana foi a uma discoteca e, na altura, não sabia que Joel Makonnen era na verdade um príncipe da Etiópia e que casaria com ele 12 anos depois, tornando-se também ela numa princesa.