sicnot

Perfil

Economia

Homem mais rico da China admite ligação a cunhado do Presidente chinês

O cunhado do Presidente chinês, Xi Jinping, detinha ações numa empresa controlada pelo homem mais rico do país, Wang Jianlin, segundo confirmou o último, após alegações de que vínculos políticos terão ajudado o grupo Wanda a expandir-se.

© Tyrone Siu / Reuters

A declaração de Wang surge numa altura em que a persistente campanha anticorrupção, lançada por Xi, em 2012, resultou na queda de dezenas de quadros dirigentes com a categoria de vice-ministro ou superior.

Uma empresa de investimento detida pelo cunhado de Xi, Deng Jiagui, comprou, em 2000, ações numa subsidiária da Wanda, que negoceia propriedade comercial, admitiu Wang em comunicado.

Deng terá depois vendido as ações "a um preço baixo", dois meses após a Wanda ter feito uma oferta pública inicial de milhares de milhões de dólares na bolsa de Hong Kong, em dezembro de 2014.

"Ele sacrificou a oportunidade de alcançar um grande retorno do investimento", disse Wang.

"Isto demonstra que o Presidente Xi não só é rigoroso a gerir o nosso país, mas é ainda mais escrupuloso no que toca a assuntos familiares".

Os comentários foram feitos na sequência da publicação de um artigo no jornal norte-americano New York Times, alegando que amigos e familiares dos líderes chineses investiram mais de mil milhões de dólares em propriedade comercial e companhias de cinema geridas pela Wanda.

Além de ser o homem mais rico da China, com uma fortuna avaliada em 24.200 milhões de dólares, Wang Jianlin é também membro do Partido Comunista Chinês.

Lusa

  • PSD está a "perder terreno" na escolha de candidato a Lisboa
    1:46

    País

    Quem o diz é Luís Marques Mendes: o PSD perde na demora da escolha de um candidato para a Câmara de Lisboa. O líder Passos Coelho rejeita apoiar a candidatura de Assunção Cristas e garante que o partido vai ter um candidato próprio. Segundo o comentador da SIC, o último convite foi dirigido a José Eduardo Moniz.

  • Trump não escreve todos os tweets, mas dita-os

    Mundo

    O Presidente eleito dos EUA não escreve todos os tweets que são publicados na sua conta desta rede social, mas dita-os aos seus funcionários. Numa entrevista a um ex-secretário de Estado britânico, Donald Trump explica como usa a sua conta e garante que depois de ser investido Presidente, vai continuar a usar o Twitter para defender-se da "imprensa desonesta".

  • Depressão pode ser mais prejudicial para o coração do que a hipertensão

    Mundo

    Um estudo recente estabelece uma nova ligação entre depressão e distúrbios cardíacos. De acordo com a investigação publicada na revista Atheroscleroses, o risco de vir a sofrer de uma doença cardíaca grave é quase tão elevado para os homens que sofram de depressão, do que para os que tenham colesterol elevado ou obesidade, e pode mesmo ser maior do que para os que sofram de hipertensão.

  • "Estar na Web Summit foi dizer em empreendedorês: estamos vivos, estamos aqui!"

    Web Summit

    No seguimento da entrevista à blogger Sara Riobom, que conhecemos durante a WebSummit, trazemos a história de outro jovem português (que não trabalha sozinho) que esteve no evento, em Lisboa, a promover a sua startup. Quis o acaso e as peripécias do direto e do destino que acabasse por receber um visitante ilustre e especial no seu stand: nada mais nada menos do que o primeiro-ministro, António Costa. Recentemente estiveram no Shark Tank, onde conseguiram captar a atenção de um dos “tubarões” do programa da SIC. Mas o que queremos saber é…

    Martim Mariano