sicnot

Perfil

Economia

PIB espanhol cresce 3,4% e dívida do Estado aumenta para 912 mil M€

A economia espanhola cresceu 3,4% no terceiro trimestre quando comparado com o mesmo período de 2014, um valor que não se via desde finais de 2007, mas com o ritmo de decrescer de intensidade quando se analisa face ao trimestre anterior.

Reuters

Nos três meses de julho a setembro, a economia espanhola cresceu 0,8%, menos duas décimas do que no trimestre anterior, indicou hoje o Banco de Espanha. Não se verificava uma redução de um trimestre face ao anterior desde finais de 2012.

A situação do PIB espanhol difere bastante de há apenas dois anos, no primeiro trimestre de 2013. Nessa altura, a economia do país vizinho perdia 1,5% face ao mesmo período do ano anterior, e agora está a crescer 3,4%. Este valor é um pouco acima da previsão do Governo de Mariano Rajoy para fechar o ano, que é de 3,3% de crescimento.

O Banco de Espanha adianta que o crescimento no terceiro trimestre continuam a estar sustentados pela procura interna privada, ainda que alguns dos indicadores que a compõem - como o consumo das famílias - tenham abrandado entre abril e junho. A crise chinesa e dos mercados emergentes também abrandaram as expetativas a nível global.

Noutro indicador, o banco central espanhol publicou os níveis da dívida global do país: até setembro ascende a 912,055 mil milhões de euros, mais 13,52 mil milhões do que no mês anterior.

A dívida de curto prazo do Estado espanhol representa 82,31 mil milhões de euros (mais 841 milhões do que até ao final de agosto), enquanto a de longo prazo é de 752,76 mil milhões (mais 12,68 mil milhões).

Por outro lado, os depósitos no Banco de Espanha, incluindo leilões de liquidez do Tesouro, alcançaram os 34,84 mil milhões de euros (mais 6,29 mil milhões).

Lusa

  • Polícias ameaçam com protestos no arranque do campeonato
    1:24

    País

    Os agentes da PSP ameaçam boicotar a presença nos jogos do campeonato da Primeira e Segunda ligas que começam em 15 dias. Os agentes colocam em causa o atual modelo de policiamento no futebol, que faz com que muitos dos profissionais da PSP trabalhem sem remuneração em dia de folga.

  • 700 milhões para armamento e equipamento militar
    1:16

    País

    Portugal vai investir nos próximos anos 700 milhões de euros em armas e equipamento militar. Segundo a imprensa de hoje, o objetivo é colocar algumas áreas das Forças Armadas a um nível similar ao dos outros aliados da NATO. É o maior volume de programas de aquisição dos últimos anos e parte das verbas vão beneficiar a indústria portuguesa que fabrica aviões, navios-patrulha, rádios e sistemas de comando e controlo.

  • Princesa Diana morreu há 20 anos. Filhos falam pela 1ª vez da intimidade
    1:15