sicnot

Perfil

Economia

Sonae Capital passa de prejuízos a lucros de 3,05 M€ até setembro

A Sonae Capital teve lucros de 3,05 milhões de euros até setembro deste ano, valor que compara com prejuízos de 7,79 milhões de euros dos primeiros nove meses do ano passado, divulgou hoje a empresa em comunicado à CMVM.

"O resultado positivo, no período, ascendeu a 3,05 milhões de euros, registando um crescimento de 10,84 milhões de euros face ao ano anterior, fruto da performance ao nível do EBITDA e, importante, dos resultados financeiros em virtude do menor nível de endividamento líquido e das menores taxas de juro", lê-se na comunicação de resultados enviada à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Além de resultados positivos, a empresa do grupo Sonae teve proveitos operacionais de 140,27 milhões de euros, mais 3,9% do que o ano passado, e o EBITDA (lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortizações) praticamente duplicou para 20,38 milhões de euros.

Já a dívida líquida fixou-se em 184,6 milhões de euros. A empresa referiu que "a alienação de diversos ativos imobiliários e financeiros, no montante global de aproximadamente 39 milhões de euros, aliado à performance operacional de cada um dos negócios, permitiu uma redução significativa dos níveis de dívida líquida", de 49,8 milhões de euros face ao final de 2014.

Por negócios, cresceram os proveitos operacionais no Fitnesse, para 11,47 milhões de euros até setembro, na hotelaria, para 14,95 milhões, e no segmento da energia, para 40,58 milhões, sendo este aquele que tem o contributo mais significativo. Já os proveitos operacionais do negócio de refrigeração caíram ligeiramente para 41,24 milhões de euros.

Lusa

  • Braga perde com Shakhtar e fica fora dos 16 avos de final da Liga Europa
    3:16
  • Ronaldo não está preocupado com repercussões de eventual fuga fiscal
    1:30

    Football Leaks

    Cristiano Ronaldo diz que quem não deve não teme. O avançado português não se mostra preocupado com as notícias que revelam que o jogador não terá declarado os rendimentos da publicidade ao fisco espanhol. Fontes do Ministério das Finanças do país vizinho confirmaram ao jornal El Mundo que o português está a ser investigado há ano e meio.

  • Dissolução da União Soviética aconteceu há 25 anos

    Mundo

    Assinalam-se esta quinta-feira 25 anos desde o fim do acordo que sustentava a União Soviética. A crise começou em 80, mas aprofundou-se nos anos 90 com a ascensão de movimentos nacionalistas em praticamente todas as repúblicas soviéticas.