sicnot

Perfil

Economia

Associação "Peço a Palavra" pede reuniões urgentes sobre a TAP aos partidos de esquerda

A associação "Peço a Palavra", que quer travar a privatização da TAP, pediu reuniões urgentes aos partidos de esquerda. O movimento, liderado pelo cineasta António Pedro Vasconcelos, quer pedir aos partidos que tomem medidas para travar a venda de 66% da TAP ao consórcio Atlantic Gateway.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paulo Whitaker / Reuters

Avisam, ainda, que se não tiverem apoio das bancadas parlamentares, vão avançar com ações judiciais para inverter o negócio. Recorde-se que os tribunais já receberam duas providências cautelares desta associação, que foram rejeitadas.

Segundo um comunicado enviado às redações, a associação vai ser recebida amanhã pelo Bloco de Esquerda, e sexta-feira, pelo PCP.

  • Governo decide acautelar eventual recuo na privatização da TAP
    1:15

    Economia

    O Governo decidiu acautelar um eventual recuo na privatização da TAP e, para isso, aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao contrato de venda da transportadora ao consórcio de Neelman/Pedrosa. No caso do negócio ser desfeito, a dívida da TAP não pode ser maior do que era quando a empresa ainda estava nas mãos do Estado. Recorde-se que só nos últimos três meses a dívida da companhia agravou-se em 100 milhões de euros.

  • Governo diz que decisão tomada é o passo que faltava para avançar com a venda da TAP
    0:27

    Economia

    O Governo anunciou hoje que reforçou "os mecanismos de controlo da situação financeira da TAP", para garantir que, caso o Estado opte por reverter o negócio, em caso de incumprimento do comprador, fica com uma empresa em melhores condições. A secretária de Estado do Tesouro defende que a esta medida vai facilitar a renegociação da dívida da companhia com os bancos. Isabel Castelo Branco diz que este era o passo que faltava para avançar com a privatização.

  • Governo quer aumentar fiscalização a baixas fraudulentas
    1:10

    País

    O Governo quer criar uma bolsa de médicos para fiscalizar quem recebe o subsídio por doença. A intenção foi manifestada à TSF pela secretária de Estado da Segurança Social. Em 2016 foram detetados mais de 56 mil trabalhadores com baixa médica que afinal estavam aptos para trabalhar.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.