sicnot

Perfil

Economia

Associação "Peço a Palavra" pede reuniões urgentes sobre a TAP aos partidos de esquerda

A associação "Peço a Palavra", que quer travar a privatização da TAP, pediu reuniões urgentes aos partidos de esquerda. O movimento, liderado pelo cineasta António Pedro Vasconcelos, quer pedir aos partidos que tomem medidas para travar a venda de 66% da TAP ao consórcio Atlantic Gateway.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Paulo Whitaker / Reuters

Avisam, ainda, que se não tiverem apoio das bancadas parlamentares, vão avançar com ações judiciais para inverter o negócio. Recorde-se que os tribunais já receberam duas providências cautelares desta associação, que foram rejeitadas.

Segundo um comunicado enviado às redações, a associação vai ser recebida amanhã pelo Bloco de Esquerda, e sexta-feira, pelo PCP.

  • Governo decide acautelar eventual recuo na privatização da TAP
    1:15

    Economia

    O Governo decidiu acautelar um eventual recuo na privatização da TAP e, para isso, aprovou hoje em Conselho de Ministros uma alteração ao contrato de venda da transportadora ao consórcio de Neelman/Pedrosa. No caso do negócio ser desfeito, a dívida da TAP não pode ser maior do que era quando a empresa ainda estava nas mãos do Estado. Recorde-se que só nos últimos três meses a dívida da companhia agravou-se em 100 milhões de euros.

  • Governo diz que decisão tomada é o passo que faltava para avançar com a venda da TAP
    0:27

    Economia

    O Governo anunciou hoje que reforçou "os mecanismos de controlo da situação financeira da TAP", para garantir que, caso o Estado opte por reverter o negócio, em caso de incumprimento do comprador, fica com uma empresa em melhores condições. A secretária de Estado do Tesouro defende que a esta medida vai facilitar a renegociação da dívida da companhia com os bancos. Isabel Castelo Branco diz que este era o passo que faltava para avançar com a privatização.

  • Obama acredita que Guterres será um bom líder da ONU
    0:53

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar de perto com os Estados Unidos na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido esta sexta-feira por Barack Obama, na Casa Branca, onde foi elogiado pelo ainda Presidente.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.