sicnot

Perfil

Economia

Taxas Euribor sobem a 3, 6, 9 e 12 meses

As taxas Euribor a três, seis, nove e 12 meses subiram hoje entre 0,001 e 0,004 pontos percentuais face a sexta-feira.

(REUTERS/ ARQUIVO)

A taxa Euribor a seis meses, a mais utilizada em Portugal nos créditos à habitação, subiu hoje para 0,007%, mais 0,001 pontos do que na sexta-feira e depois de ter descido até ao mínimo de 0,004% a 29 de outubro.

No mesmo sentido, a Euribor a três meses, em terreno negativo desde 21 de abril passado, foi fixada em -0,66%, mais 0,002 pontos percentuais do que na sessão anterior e contra o atual mínimo de -0,68% atingido a 29 de outubro.

A nove meses, a Euribor também subiu hoje para 0,047%, mais 0,004 pontos do que na sexta-feira e acima do mínimo histórico, de 0,042%, verificado a 29 de outubro.

No prazo de doze meses, a Euribor foi fixada em 0,109%, mais 0,002 pontos do que na sessão anterior e contra o mínimo de 0,109% verificado a 28 de outubro.

As Euribor são fixadas pela média das taxas às quais um conjunto de 57 bancos da zona euro está disposto a emprestar dinheiro entre si no mercado interbancário.

Lusa

  • Fogo em Setúbal dominado
    2:31

    País

    O incêndio que deflagrou na terça-feira em Setúbal está dominado. As chamas chegaram a ameaçar as casas, o que obrigou à retirada de cerca de 500 pessoas das habitações, como medida de precaução. Também o Hotel do Sado teve de ser evacuado.

  • "Lancei um tema que os portugueses há muito queriam discutir"
    11:26
  • Danos Colaterais 
    18:55
    Reportagem Especial

    Reportagem Especial

    Jornal da Noite

    Nos últimos oito anos a banca perdeu 12 mil profissionais. A dimensão de despedimentos no setor é a segunda maior da economia portuguesa, só ultrapassada pela construção civil. A etapa mais complexa da história começou em 2008, com a nacionalização do BPN. Desde então, as saídas têm sido a regra. A reportagem especial desta terça-feira, "Danos Colaterais", dá voz aos despedidos da banca.