sicnot

Perfil

Economia

Lucro dos CTT cai 3,8%

O resultado líquido dos CTT caiu 3,8% nos primeiros nove meses, face a igual período de 2014, para 50,6 milhões de euros, anunciaram hoje os Correios de Portugal.

© Hugo Correia / Reuters

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), os CTT explicam que o resultado líquido foi "influenciado por um conjunto de gastos não recorrentes de 7,7 milhões de euros, dos quais 4,8 milhões de euros relacionados com o Banco CTT, que também já apresentou gastos recorrentes de 2,8 milhões de euros".

Excluindo o projeto do Banco CTT, o resultado líquido teria subido 6,9% para 56,3 milhões de euros.

Os rendimentos operacionais subiram 1,3% para 538,1 milhões de euros, com as vendas e serviços prestados a crescerem 2,1% para 527 milhões de euros, enquanto os outros rendimentos operacionais recuaram 26,1% para 11,1 milhões de euros.

O resultado antes de impostos, juros, amortizações e depreciações (EBITDA) recuou 4,1% para 97,4 milhões de euros. Excluindo o efeito do Banco CTT, o EBITDA sobe 3,3% para 105 milhões de euros.

A empresa liderada por Francisco de Lacerda adianta, em comunicado, que "os gastos financeiros incorridos ascenderam a 5,2 milhões de euros, incorporando os gastos financeiros com benefícios aos empregados no montante de cinco milhões de euros e juros associados a operações em 'leasing' financeiro e empréstimos bancários (0,1 milhões de euros)".

Os gastos financeiros com benefícios aos empregados diminuíram em 3,6 milhões de euros, refletindo o efeito da diminuição da taxa de desconto de 4% para 2,5% e a redução dos gastos com benefícios pós-emprego, que beneficiaram da renegociação do plano de saúde ocorrida no início deste ano, refere.

Entre janeiro e setembro, o tráfego de correio endereçado caiu 3,1%, enquanto no terceiro trimestre a queda foi de 4,9%, "mais acentuada que a ocorrida no primeiro semestre" deste ano, conforme a empresa já tinha antecipado.

O tráfego do correio transacional caiu 3,5% nos primeiros nove meses e 4,6% no trimestre e no correio editorial a diminuição foi de 2,7% (no trimestre foi de -4,6%).

Já o tráfego do correio publicitário endereçado estabilizou no terceiro trimestre, ao subir 0,4%, "devido sobretudo aos efeitos das campanhas associadas às eleições legislativas, registando ainda um decréscimo de 6,9% nos primeiros nove meses de 2015".

Apesar da queda do tráfego, "os rendimentos operacionais da área de negócio de correio ficaram 2,6% acima dos de igual período" de 2014.

O tráfego da área de expresso e encomendas aumentou 4,6% nos primeiros nove meses.

"Os CTT registaram neste período em Portugal um tráfego de 10,6 milhões de objetos (+6,4%) que o período homólogo" e "reforçam a posição de liderança no mercado nacional com uma quota de 34,8%" no segmento expresso.

O segmento expresso e encomendas registou 96 milhões de euros de rendimentos operacionais, mais 2,2% (mais 2,1 milhões de euros), decorrente do crescimento em todos os mercados: Portugal (mais 1,4 milhões de euros), Espanha (mais 0,2 milhões de euros) e Moçambique (mais 0,5 milhões de euros)".

Lusa

  • Bernardo Silva no Manchester City

    Desporto

    O internacional português Bernardo Silva é o mais recente reforço do Manchester City, equipa inglesa treinada por Pep Guardiola, num contrato válido por cinco temporadas.

    SIC

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • Sérgio Conceição no radar do FC Porto

    Desporto

    O treinador português e os seus representantes têm marcada para esta sexta-feira uma reunião decisiva com o FC Porto. Sérgio Conceição poderá ser o sucessor de Nuno Espírito Santo no comando técnico dos dragões.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mas do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • EUA testam sistema de defesa antimíssil

    Mundo

    Os Estados Unidos realizam na próxima semana um teste ao seu sistema de defesa antimíssil que, pela primeira vez, terá em consideração uma eventual ameaça de um míssil balístico intercontinental, ação que terá em mente as recentes ameaças norte-coreanas.

  • Cão interrompe jornal em direto
    1:00

    Pequenas grandes histórias

    Aconteceu na Rússia, na estação de televisão Mir24 TV. A pivô, Ilona Linarte, viveu um momento insólito, no estúdio, quando apresentava o jornal. Um cão de raça labrador preto apareceu atrás dela aos saltos. A pivô foi apanhada de surpresa e reagiu com humor.