sicnot

Perfil

Economia

Comissão Europeia divulga hoje previsões económicas de outono

A Comissão Europeia divulga hoje, em Bruxelas, as previsões económicas de outono, nas quais atualizará as suas projeções, incluindo sobre o défice de Portugal para este ano, que na primavera duvidava que baixasse dos 3% do PIB.

Reuters/ Arquivo

Nas anteriores previsões económicas da primavera, divulgadas há exatamente seis meses (05 de maio), Bruxelas apontou para um défice orçamental em Portugal de 3,1% este ano, o que significaria que o país não cumprira o compromisso de colocar o défice abaixo dos 3% do Produto Interno Bruno (PIB), continuando assim em situação de défice excessivo, segundo as regras do pacto de estabilidade e crescimento.

O Governo, que sempre apontou para um défice de 2,7% em 2015, tem reafirmado que Portugal cumprirá a meta estabelecida, e a própria Comissão Europeia admitiu na primavera que o objetivo era exequível, ficando-se então a conhecer se Bruxelas acredita no cumprimento da meta, quando se aproxima o final do ano, e numa altura em que ainda não recebeu o plano orçamental português para 2016, na sequência das eleições legislativas de 04 de outubro.

Lusa

  • Quando se pode circular pela esquerda? A GNR explica (e fiscaliza)
    5:46

    Edição da Manhã

    A regra aplica-se a autoestradas e outras vias com esse perfil mas dentro das localidades há exceções. A Guarda Nacional Republicana está a promover em todo o território nacional várias ações de sensibilização e fiscalização no sentido de prevenir e reprimir a circulação de veículos pela via do meio ou da esquerda quando não exista tráfego nas vias da direita. O major Paulo Gomes, da GNR, esteve na Edição da Manhã. 

  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41