sicnot

Perfil

Economia

FMI diz que banqueiros devem ser responsabilizados pelos seus atos

Os banqueiros devem "ser responsabilizados" pelos seus atos em caso de má administração e não devem escapar a sanções judiciais pagando multas, defendeu hoje a diretora-geral do Fundo Monetário Internacional (FMI), Christine Lagarde.

© Umit Bektas / Reuters

"Precisamos de uma cultura de responsabilização dos indivíduos pelos seus atos, bons ou maus", declarou a dirigente num seminário organizado pela Reserva Federal (Fed) de Nova Iorque.

Segundo Lagarde, a responsabilidade "civil e penal" dos banqueiros deve poder ser individual para os "dissuadir" de adotar comportamentos contrários à ética e à lei e de assumir riscos financeiros irrefletidos.

Para a diretora-geral do FMI, o atual sistema que permite aos bancos e aos seus quadros evitarem ser processados mostrou os seus limites.

Grandes bancos envolvidos em escândalos nos últimos anos conseguiram acordos com as autoridades dos Estados Unidos pagando multas avultadas para evitar os tribunais.

Lagarde explicou que não quer que assumir riscos financeiros seja condenado, mas permitir que se ponha fim ao "clima de irresponsabilidade" que reina no setor financeiro.

Lusa

  • Eis os novos heróis de Vila de Aves
    3:03
  • Desportivo das Aves fora da Liga Europa

    Desporto

    O Desportivo das Aves não vai à Liga Europa e o Sporting terá entrada direta na fase de grupos. Apesar da conquista da Taça de Portugal, a equipa avense não se licenciou em tempo útil para poder participar na prova da UEFA, apurou a SIC.

  • E agora, Sporting? Semana de decisões e incertezas
    2:53
  • "Para primeiro dia de pesca da sardinha, não foi mau"
    2:19
  • "Desfiliei-me do PS mas continuo socialista"
    1:29

    País

    José Sócrates garantiu este domingo que não atacará o PS e que continua a ser socialista. O antigo primeiro-ministro participou num almoço de apoio, em Lisboa, com cerca de 100 pessoas, a maioria anónimos.