sicnot

Perfil

Economia

Portugal lidera quebras nas vendas a retalho na zona euro

As vendas do comércio a retalho caíram 0,1% em setembro, face a agosto, na zona euro, com Portugal a registar a maior quebra (-2,2%), segundo dados do Eurostat hoje divulgados.

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Já na União Europeia (UE), o comércio a retalho aumentou 0,3% as vendas, face a agosto.

Na variação mensal, Portugal foi o país que liderou as quedas no indicador (-2,2%), seguido da Bélgica, Dinamarca, Letónia e Polónia (-0,7% cada).

As maiores subidas em cadeia nas vendas a retalho foram verificadas no Reino Unido (2,0%), na Roménia (1,7%), em Malta (1,1%) e na Irlanda (0,9%).

Já comparando com setembro de 2014, as vendas a retalho subiram 2,9% na zona euro e 3,7% na UE.

Segundo o gabinete oficial de estatísticas da UE, as subidas mais acentuadas observaram-se na Roménia (12%), na Irlanda (8,0%), na Polónia e no Reino Unido (6,3% cada), enquanto as maiores quebras foram registadas no Luxemburgo (-11,8%), Bulgária (-2,5%) e Eslovénia (-0,4%).

Em Portugal, o indicador aumentou 1,3% na variação homóloga.

Lusa

  • AR começa hoje a votar OE e mais de 600 alterações dos partidos

    Orçamento do Estado 2018

    Entre os temas que deverão marcar os próximos dias de debate e das votações relativas à proposta orçamental de 2018, cuja votação final global será na segunda-feira, estão as medidas relacionadas com os incêndios, as alterações ao regime simplificado de IRS, as carreiras na função pública (e em especial a dos professores) e as cativações de despesa.

  • 10 Minutos com Alexandra Simeão: as mudanças em Angola
    10:37
  • "Estamos vivos"
    11:41
  • Notas e moedas têm os dias contados?
    6:27