sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal descem a dois, a cinco e a dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a descer a dois, a cinco e a dez anos, em relação aos valores de segunda-feira.

(Lusa/ Arquivo)

Cerca das 09:15 de hoje em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a cair para 2,791%, contra 2,821% segunda-feira e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho passado, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a descer, para 1,499%, contra 1,520% no fecho de segunda-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho passado e o mínimo de 0,749% a 10 de abril deste ano.

No mesmo sentido, no prazo de dois anos, os juros estavam a cair, para 0,264%, contra 0,287% na segunda-feira, depois de a 08 de julho terem batido o máximo, de 0,807%, desde outubro.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi alcançado a 13 de abril passado.

Os juros de Espanha estavam a descer em todos os prazos, os da Irlanda a subir a dois anos e a descer a cinco e dez anos e os de Itália a cair em todos os prazos.

Em relação ao juros da Grécia, estavam a subir a dois anos e a cair a dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 09:15:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

10/11....0,264.....1,499....2,791

09/11....0,287.....1,520....2,821

Grécia

10/11......7,843....n disp....7,758

09/11......7,445....n disp....7,597

Irlanda

10/11......-0,198....0,269.....1,214

09/11......-0,195....0,288.....1,237

Itália

10/11......0,039.....0,532....1,701

09/11......0,062.....0,591....1,743

Espanha

10/11......0,039......1,506....1,903

09/11......0,048......1,520....1,954

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

  • Presidente da Proteção Civil demitiu-se

    País

    O Presidente da Autoridade Nacional da Proteção Civil (ANPC), Joaquim Leitão, pediu esta quarta-feira a demissão com efeitos imediatos. A carta de demissão foi enviada para o Ministério da Administração Interna, no entanto, uma vez que a ministra também se demitiu, o documento seguiu para o gabinete do primeiro-ministro, António Costa.

  • Provavelmente o melhor golo da noite de Liga Europa
    1:24
  • Vitória de Guimarães mais longe dos 16 avos de final
    1:48
  • O perfil dos novos ministros
    3:22

    País

    Pedro Siza Vieira e Eduardo Cabrita são os dois novos ministros que tomam posse no próximo sábado. Ambos têm uma particularidade: são amigos de longa data do primeiro-ministro António Costa.

  • Não me parece o melhor princípio político, mas percebo que António Costa queira ter junto de si, sobretudo em tempos difíceis, os mais próximos. Os homens de confiança pessoal e política. Em plena tempestade, o primeiro-ministro chamou dois amigos de longa data, ex-colegas da Faculdade de Direito, Eduardo Cabrita e Pedro Siza Vieira. E eles não disseram que não.

    Bernardo Ferrão

  • Fogos na Califórnia provocaram 42 mortos e perdas acima de mil milhões de dólares

    Mundo

    O comissário dos seguros da Califórnia afirmou esta quinta-feira que as perdas provocadas pelos incêndios que dizimaram extensas áreas deste Estado norte-americano excedem os mil milhões de dólares (844 milhões de euros). Estes incêndios, que começaram no condado de Sonoma County, já provocaram a morte a 42 pessoas no mês de outubro.

  • Quem está ao lado de Trump? Melania ou uma sósia?

    Mundo

    A especulação surgiu no Twitter: estaria Trump acompanhado de uma sósia de Melania para ocultar a ausência da mulher num evento oficial? A teoria da conspiração ganhou depois força nas redes sociais. Julgue por si mesmo.

    SIC

  • Norte-americano entrega-se após perder aposta com a polícia no Facebook

    Mundo

    Um jovem de 21 anos procurado pela polícia norte-americana entregou-se, esta segunda-feira, depois de perder uma aposta com a polícia, no Facebook. Michael Zaydel prometeu entregar-se se uma publicação sobre o seu desaparecimento chegasse às mil partilhas, na rede social. O jovem norte-americano prometeu ainda levar uma dúzia de donuts, caso os agentes da cidade de Redford conseguissem ganhar a aposta.

    SIC