sicnot

Perfil

Economia

Preços sobem 0,6% em outubro face ao período homólogo

A taxa de inflação em outubro, medida pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC), registou uma variação de 0,6% face ao mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS

A variação homóloga dos preços em outubro foi inferior em 0,3 pontos percentuais à registada em setembro.

Desde março que a variação homóloga dos preços em Portugal voltou a registar subidas, depois de um longo período em que os preços, em termos homólogos, registavam variações nulas ou negativas, em linha com os dados da inflação a nível europeu.

Desde março que a variação homóloga dos preços em Portugal voltou a registar subidas, depois de um longo período em que os preços, em termos homólogos, registavam variações nulas ou negativas, em linha com os dados da inflação a nível europeu.

A variação mensal do IPC foi 0,1% (0,8% em setembro e 0,3% em outubro de 2014), enquanto a variação média dos últimos doze meses situou-se em 0,4% (0,3% no mês anterior).

Excluindo a energia e os bens alimentares não transformados (inflação subjacente), a inflação apresentou em outubro uma subida homóloga de 0,9%, que compara com os 1,1% do mês anterior.

Já o índice relativo aos produtos alimentares não transformados desacelerou em outubro, passando de uma variação homóloga de 3,7% em setembro para 2,3%.

Entre as classes com contribuições positivas para a variação homóloga dos preços salientam-se as dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas, das bebidas alcoólicas e tabaco, das comunicações e dos bens e serviços diversos.

A classe com maior contribuição negativa para a variação homóloga do IPC, por sua vez, foi a dos transportes, com uma variação homóloga de -0,9% (-1,1% no mês anterior), seguida do vestuário e calçado, com uma taxa de -0,9%.

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou em outubro uma variação homóloga de 0,7%, inferior em 0,2 pontos percentuais à verificada no mês anterior e superior em 0,7 pontos percentuais à taxa estimada pelo Eurostat para os países do euro (diferença inferior em 0,3 p.p. à registada em setembro).

A taxa de variação mensal do IHPC situou-se, por sua vez, em -0,2% em outubro (0,7% no mês anterior e 0,0% em outubro de 2014) e a taxa de variação média dos últimos doze meses foi 0,4% (igual ao registado em setembro).

Lusa

  • Zeca Afonso morreu há 30 anos
    1:11
  • Luz ultravioleta converte dióxido de carbono em metano

    Mundo

    Investigadores da Universidade Duke, nos Estados Unidos, criaram nanopartículas (partículas microscópicas) que ajudam a converter o dióxido de carbono (gás poluente) em metano (combustível) usando apenas luz ultravioleta como fonte de energia.

  • Compensa comprar a granel?
    8:39
  • "Isto é uma mentira e tem carimbo de Estado"
    2:12

    Opinião

    O preço das botijas de gás em Portugal duplicou nos últimos 15 anos. José Gomes Ferreira esteve no Jornal da Noite, da SIC, onde explicou este aumento, lembrando que a classe política prometeu que se houvesse mais empresas a operar no mercado, os preços desciam. Contudo, José Gomes Ferreira diz que "isto é uma mentira e tem carimbo de Estado". O Diretor-Adjunto de Informação SIC explicou que como o mercado é livre, os operadores vendem aos preços mais altos que podem, deste modo os preços não variam muito entre uns e outros.

    José Gomes Ferreira