sicnot

Perfil

Economia

Preços sobem 0,6% em outubro face ao período homólogo

A taxa de inflação em outubro, medida pelo Índice de Preços no Consumidor (IPC), registou uma variação de 0,6% face ao mesmo mês do ano passado, segundo dados divulgados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE).

(Reuters/ Arquivo)

(Reuters/ Arquivo)

REUTERS

A variação homóloga dos preços em outubro foi inferior em 0,3 pontos percentuais à registada em setembro.

Desde março que a variação homóloga dos preços em Portugal voltou a registar subidas, depois de um longo período em que os preços, em termos homólogos, registavam variações nulas ou negativas, em linha com os dados da inflação a nível europeu.

Desde março que a variação homóloga dos preços em Portugal voltou a registar subidas, depois de um longo período em que os preços, em termos homólogos, registavam variações nulas ou negativas, em linha com os dados da inflação a nível europeu.

A variação mensal do IPC foi 0,1% (0,8% em setembro e 0,3% em outubro de 2014), enquanto a variação média dos últimos doze meses situou-se em 0,4% (0,3% no mês anterior).

Excluindo a energia e os bens alimentares não transformados (inflação subjacente), a inflação apresentou em outubro uma subida homóloga de 0,9%, que compara com os 1,1% do mês anterior.

Já o índice relativo aos produtos alimentares não transformados desacelerou em outubro, passando de uma variação homóloga de 3,7% em setembro para 2,3%.

Entre as classes com contribuições positivas para a variação homóloga dos preços salientam-se as dos produtos alimentares e bebidas não alcoólicas, das bebidas alcoólicas e tabaco, das comunicações e dos bens e serviços diversos.

A classe com maior contribuição negativa para a variação homóloga do IPC, por sua vez, foi a dos transportes, com uma variação homóloga de -0,9% (-1,1% no mês anterior), seguida do vestuário e calçado, com uma taxa de -0,9%.

O Índice Harmonizado de Preços no Consumidor (IHPC) português registou em outubro uma variação homóloga de 0,7%, inferior em 0,2 pontos percentuais à verificada no mês anterior e superior em 0,7 pontos percentuais à taxa estimada pelo Eurostat para os países do euro (diferença inferior em 0,3 p.p. à registada em setembro).

A taxa de variação mensal do IHPC situou-se, por sua vez, em -0,2% em outubro (0,7% no mês anterior e 0,0% em outubro de 2014) e a taxa de variação média dos últimos doze meses foi 0,4% (igual ao registado em setembro).

Lusa

  • Santana diz que Marcelo por vezes faz de conta que é primeiro-ministro
    1:12

    País

    Santana Lopes diz que a expectativa que Passos Coelho criou sobre o mau desempenho do Governo se está a virar-se contra ele. Numa entrevista ao jornal Expresso deste sábado, o ex-primeiro-ministro e ex-presidente da Câmara Municipal de Lisboa considera contudo que Passos Coelho ainda poderá ganhar as próximas eleições. Sobre Marcelo, o atual provedor da Santa Casa da Misericórdia diz que por vezes faz de conta que é o primeiro-ministro.

  • Coala do Zoo de Duisburg viaja para Lisboa 

    País

    A SIC acompanhou, em exclusivo, a transferência de uma coala do Zoo de Duisburg, na Alemanha, para o Jardim Zoológico de Lisboa. O animal foi transportado pela TAP e batizado pelos passageiros que seguiam a bordo. Uma reportagem para ver mais logo no Jornal da Noite da SIC.

    Hoje no Jornal da Noite

  • Caravana com cinzas de Fidel chega este sábado a Santiago de Cuba
    2:01
  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.