sicnot

Perfil

Economia

Apple pede desculpa por expulsão de estudantes africanos de loja na Austrália

Um gerente da Apple pediu desculpa a seis adolescentes de origem africana depois de funcionários de uma loja na Austrália os terem convidado a sair do estabelecimento citando receios de que "pudessem roubar algo".

De acordo com a agência noticiosa francesa AFP, um dos estudantes filmou o incidente, ocorrido na cidade de Melbourne, no sul da Austrália, tendo o vídeo alcançado quase 60 mil visualizações depois de ter sido publicado na terça-feira no Facebook, acompanhado da legenda "puro racismo".

"Estes tipos [seguranças] estão apenas um pouco preocupados com a vossa presença na nossa loja", diz um funcionário da loja da Apple localizada no centro comercial Highpoint, acrescentando: "Têm apenas receio de que possam roubar algo".

Quando um dos estudantes questionou por que razão iriam roubar algo, tendo o funcionário respondido: "Fim da conversa, preciso de vos pedir que saiam da nossa loja".

A Apple Austrália confirmou hoje à agência AFP que o gerente da loja em causa pediu desculpa aos estudantes, no seu regresso ao shopping na quarta-feira.

No seu site, o gigante tecnológico norte-americano tem uma mensagem do presidente executivo, Tim Cook, sobre diversidade, onde se lê: "Queremos que cada pessoa que se junte à nossa equipa, que cada cliente que visite as nossas lojas ou peça a nossa ajuda se sinta bem-vindo".

"Acreditamos na igualdade para todos, independentemente da raça, idade, sexo, etnia, religião ou orientação sexual", refere a nota.

Lusa

  • Encontrados destroços do avião que caiu no Irão

    Mundo

    As autoridades iranianas encontraram destroços do avião que caiu no domingo no sudeste do país, matando as 66 pessoas que seguiam a bordo, revelou um porta-voz da Guarda Revolucionária, o exército de elite do regime.

  • 2,6 milhões de bebés morrem antes de completar um mês

    Mundo

    Os recém-nascidos no Paquistão, República Centro-Africana e Afeganistão são os que têm menor probabilidade de sobreviver, de acordo com um relatório da Unicef que revela que todos os anos 2,6 milhões de crianças morrem antes de completar um mês. Sobretudo nos países mais pobres do mundo, o número de mortes de recém-nascidos a nível global mantém-se assustadoramente elevado.

  • Galp regista lucro de 602 M€ em 2017 

    Economia

    A Galp registou um lucro de 602 milhões de euros no ano passado. Uma subida de 25 por cento em relação a 2016. De acordo com a empresa, os resultados devem-se sobretudo ao aumento da produção de petróleo e gás natural no Brasil, bem como o crescimento dos negócios da refinação e distribuição.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC