sicnot

Perfil

Economia

Dois mil pensionistas "fantasmas" detetados em Maputo

Cerca de dois mil pensionistas "fantasmas" foram identificados só em Maputo no decurso de uma campanha de prova de vida iniciada em julho, avançou hoje a ministra do Trabalho, Emprego e Segurança Social, Vitória Diogo.

Reuters/Arquivo

Reuters/Arquivo

© Grant Neuenburg / Reuters

"Cerca de dois mil pensionistas não foram encontrados na cidade de Maputo, segundo os nossos dados. Isso significa que ao longo deste tempo estivemos a dar pensões a duas mil pessoas que não existem", disse Vitória Diogo, citada pela Agência de Informação de Moçambique, no primeiro Conselho Coordenador do Instituto Nacional de Segurança Social (INSS).

Sem avançar os montantes envolvidos, a governante espera aprofundar as investigações e responsabilizar os autores de uma prática que considerou desonrosa.

A ministra, que tutela a Segurança Social, avançou dados apenas correspondentes a Maputo, mas é sua intenção conhecer a situação no resto do país, desafiando os funcionários do INSS a evitarem atitudes despesistas.

"Nós, funcionários e gestores do INSS, não somos os donos do sistema, somos sim guardiões", declarou Vitória Diogo, defendendo ser seu papel "assegurar que os milhares de trabalhadores que descontam, com tanto sacrifício, a sua contribuição, tenham a garantia e confiança de que terão a sua pensão".

Lusa

  • Luaty Beirão satisfeito com sinais de mudança de paradigma em Angola
    4:03

    Mundo

    Sete meses depois da tomada de posse de João Lourenço como presidente de Angola, o país vive um tempo de revoluções. Mudanças inéditas que, nas palavras do ativista Luaty Beirão, permitem ter esperança num futuro melhor. O músico esteve em Lagos, a convite da Câmara Municipal, para falar sobre Livros e Liberdade.

  • O portal onde pode consultar certidões e outros documentos sem sair de casa
    7:37
  • Presidente da Comunidade de Madrid demite-se depois da divulgação de vídeo de roubo
    1:27