sicnot

Perfil

Economia

Balsemão diz que depois vários anos de austeridade é preciso respeitar sacrifícios

Balsemão diz que depois vários anos de austeridade é preciso respeitar sacrifícios

Para alguns dos principais gestores portugueses a estabilidade é o principal requisito para o futuro Governo. Na Conferência "Portugal em Exame", que decorreu esta manhã em Lisboa, o Fundador do PSD e Presidente do Grupo Impresa, Francisco Pinto Balsemão, pediu que não se ignore os sacrifícios feitos nos últimos anos.

  • "Não podemos perder tudo o que foi conquistado"
    1:05

    Novo Governo

    Francisco Pinto Balsemão diz que o país precisa de estabilidade e que, terminado o programa de ajustamento, Portugal não pode arriscar-se a perder tudo o que conquistou nos últimos meses. Palavras do presidente do grupo Impresa, esta manhã, no Museu do Oriente durante uma conferência da Revista Exame sobre novos líderes para Portugal.

  • País

    Para Francisco Pinto Balsemão é legítima a preocupação demonstrada por alguns setores da sociedade com uma solução governativa à esquerda, mas não acredita que um governo saído de um acordo entre PS, Bloco de Esquerda e PCP possa criar um ambiente pouco favorável à iniciativa privada. O antigo primeiro-ministro não acredita também que um governo de iniciativa presidencial seja uma solução viável neste momento.

  • Silva Carvalho lamenta que relatório sobre Pinto Balsemão tenha sido tornado público
    1:41

    País

    O antigo director do Serviço de Informações de Defesa lamenta que tenha vindo a público um relatório secreto sobre a vida privada de Francisco Pinto Balsemão. O documento terá sido produzido no auge da guerra empresarial entre a Impresa, de Balsemão, e a Ongoing, onde Jorge Silva Carvalho já trabalhava. O antigo espião garante que não pediu esse relatório, que considera um lixo.