sicnot

Perfil

Economia

Rússia suspende fornecimento de gás à Ucrânia por falta de pagamento

A petrolífera estatal russa Gazprom anunciou hoje que suspendeu o fornecimento de gás à Ucrânia depois de Kiev ter falhado um novo pré-pagamento para obter mais entregas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Gleb Garanich / Reuters

Em comunicado, o chefe da Gazprom, Alexei Miller, revelou que, até às 07:00 (hora em Lisboa), a ucraniana Naftogaz consumiu todo o gás pelo qual tinha pagado e que "não foi efetuado nenhum novo pré-pagamento", acrescentando que a recusa de Kiev em comprar gás russo acarreta "sérios riscos" ao seu transporte para a Europa.

Depois de uma suspensão em julho, a petrolífera russa retomou o fornecimento de gás à Ucrânia a 12 de outubro passado, na sequência de um pré-pagamento por parte da Ucrânia, duas semanas depois de um acordo feito entre a Rússia e a Ucrânia, mediado pela União Europeia.

A Ucrânia transporta cerca de 15% do gás consumido por vários países da União Europeia.

Lusa

  • Luís Pina indiciado por quatro crimes de tentativa de homicídio
    1:41
  • Líderes europeus unidos para iniciar saída do Reino Unido
    2:08
  • 100 dias de Trump em 04'30''
    4:33

    Pequenas grandes histórias

    Donald Trump tomou posse como 45º Presidente dos EUA dia 20 de janeiro de 2017, faz este sábado, 100 dias. Prometeu grandes mudanças, mas os planos acabaram por chocar de frente com a realidade e a burocracia de Washington, como foi o caso do Obamacare. Foi a primeira ordem executiva que assinou, no dia em que tomou posse, mas a revogação está longe de acontecer.

  • A SIC visitou os bastidores do Santuário de Fátima
    7:43
  • Ministro "mais descansado" com relatório sobre Almaraz, ambientalistas contestam
    2:01

    País

    O ministro do Ambiente diz estar mais descansado depois de conhecer o relatório técnico que considera o armazém de resíduos nucleares em Almaraz uma solução adequada. Já as associações ambientalistas e os partidos criticam o parecer positivo à construção e querem ouvir os ministros do Ambiente e dos Negócios Estrangeiros no Parlamento.

  • Marcelo recebido por multidão na Ovibeja
    2:52