sicnot

Perfil

Economia

Rússia suspende fornecimento de gás à Ucrânia por falta de pagamento

A petrolífera estatal russa Gazprom anunciou hoje que suspendeu o fornecimento de gás à Ucrânia depois de Kiev ter falhado um novo pré-pagamento para obter mais entregas.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Gleb Garanich / Reuters

Em comunicado, o chefe da Gazprom, Alexei Miller, revelou que, até às 07:00 (hora em Lisboa), a ucraniana Naftogaz consumiu todo o gás pelo qual tinha pagado e que "não foi efetuado nenhum novo pré-pagamento", acrescentando que a recusa de Kiev em comprar gás russo acarreta "sérios riscos" ao seu transporte para a Europa.

Depois de uma suspensão em julho, a petrolífera russa retomou o fornecimento de gás à Ucrânia a 12 de outubro passado, na sequência de um pré-pagamento por parte da Ucrânia, duas semanas depois de um acordo feito entre a Rússia e a Ucrânia, mediado pela União Europeia.

A Ucrânia transporta cerca de 15% do gás consumido por vários países da União Europeia.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.