sicnot

Perfil

Economia

Combustíveis mais caros a partir de 2ª feira

Os combustíveis voltam a ficar mais caros a partir da próxima semana.

(LUSA/ ARQUIVO)

(LUSA/ ARQUIVO)

LUSA

Os preços por litro devem subir à volta de um cêntimo por litro no caso do gasóleo e dois cêntimos na gasolina.

Fonte do setor adiantou à SIC que na base deste aumento esstão as contações dos dois produtos, no mercado de produtos refinados.

Isto numa altura em que o barril de petróleo está em baixa, a negociar à volta de 45 dólares.

  • Descida do preço do petróleo traduz-se em alimentos mais caros em Angola

    Economia

    A descida dos preços do petróleo desde meados do ano passado fez com que Angola passasse a receber menos receitas, a maioria em dólares, o que originou um desequilíbrio financeiro com ramificações na economia real. As receitas do petróleo, em 2013, quando o petróleo ainda estava em alta, valeram mais de dois terços das receitas totais dos cofres angolanos, pelo que a ligação do dólar à economia do segundo maior produtor de petróleo africano é profunda, a que acresce o facto de a maioria dos bens e serviços consumidos no país ser importado, e pago maioritariamente na moeda norte-americana.

  • "O que é isto, mamã?"
    36:23
  • O ensino à distância em Portugal
    4:12

    País

    Em Portugal, o ensino básico e secundário à distância já conta com 300 alunos e com a preciosa ajuda das novas tecnologias. É através do computador que a escola viaja e acompanha os alunos, alguns com doenças que não os permitem ir às aulas, outros que são atletas de alta competição e que têm a maior parte do tempo ocupado por treinos ou ainda os que fazem parte de famílias itenerantes, como é o caso dos que vivem no circo e andam de terra em terra.

  • Aprender a jogar badminton ao ritmo do samba
    2:54

    Mundo

    No Brasil, a correspondente da SIC foi conhecer um projeto social no Rio de Janeiro que mistura samba e desporto. Um desporto que ainda é pouco praticado mas que tem sido fundamental para transformar a vida de jovens das favelas e para descobrir novos talentos do badminton brasileiro.

    Correspondente SIC