sicnot

Perfil

Economia

INE confirma estagnação do PIB no 3º trimestre

O Instituto Nacional de Estatística (INE) confirmou hoje uma taxa de variação nula do Produto Interno Bruto (PIB) no terceiro trimestre face ao trimestre anterior e um aumento de 1,4% em termos homólogos.

© Hugo Correia / Reuters

O INE divulgou hoje a segunda estimativa das Contas Nacionais referentes ao terceiro trimestre, confirmando os números que tinha avançado na estimativa rápida conhecida a 13 de novembro.

Assim, a economia abrandou no terceiro trimestre face ao segundo, quer em termos homólogos, uma vez que o PIB tinha aumentado 1,6% no segundo trimestre face ao mesmo período de 2014, quer em cadeia, já que a economia tinha aumentado 0,5% no segundo trimestre face ao trimestre anterior.

Em termos homólogos, o INE explica que "o contributo da procura interna para a variação homóloga do PIB diminuiu no terceiro trimestre (passando de 3,5 pontos percentuais no segundo trimestre para 1,9 pontos percentuais), refletindo a desaceleração do investimento e, em menor grau, das despesas de consumo final".

Ora, a taxa de variação homóloga do investimento caiu de 8,5% no segundo trimestre para 1,7% no terceiro, enquanto a taxa de variação homóloga do consumo privado diminuiu de 3,2% para 2,3% e a do consumo público de 0,6% para 0,4%.

Já a procura externa líquida registou um contributo negativo (-0,5 pontos percentuais), "embora de magnitude inferior ao observado no segundo trimestre (-2,0 pontos percentuais)", ainda que se tenham verificado "um ganho de termos de troca superior ao do trimestre anterior, com o deflator das importações a registar uma redução significativa, sobretudo em resultado da diminuição dos preços dos bens energéticos".

Comparativamente com o segundo trimestre, a estagnação do PIB deveu-se sobretudo ao contributo negativo da procura interna, devido principalmente à redução do investimento, enquanto a procura externa líquida contribuiu positivamente, tendo as importações de bens e serviços diminuído de forma mais intensa que as exportações de bens e serviços.

As exportações de bens e serviços desaceleraram no terceiro trimestre, tendo aumentado 3,9% em volume, depois de terem crescido 7,3% no trimestre anterior.

O INE explica este abrandamento com a desaceleração de ambas as componentes: "As exportações de bens aumentaram 5,2% (8,2% no trimestre anterior) e as exportações de serviços apresentaram uma variação homóloga de 0,2% (5% no segundo trimestre)", lê-se no destaque hoje publicado.

Também as importações de bens e serviços desaceleraram no terceiro trimestre deste ano, "aumentando 4,9% em termos homólogos, após um crescimento de 12% no trimestre anterior", um comportamento que se deveu à "acentuada desaceleração da componente de bens, que registou uma variação homóloga de 5,7% (13,4% no segundo trimestre)".

As importações de serviços registaram também uma redução, passando de uma variação homóloga de 3,9% no segundo trimestre para -0,1% no terceiro trimestre.

O INE destaca ainda que o emprego para o conjunto dos ramos de atividade da economia aumentou 0,3% no terceiro trimestre, corrigido de sazonalidade, após o aumento de 1,9% no trimestre anterior. Já o emprego remunerado (igualmente corrigido de sazonalidade) apresentou uma variação homóloga de 1,3% no terceiro trimestre (2,2% no segundo).

Lusa

  • Surto de hepatite A em Portugal
    2:45

    País

    Há um surto de hepatite A em Portugal. Desde janeiro, 105 pessoas foram diagnosticadas na região de Lisboa e Vale do Tejo, um número superior aos casos contabilizados em todo o país nos últimos 40 anos. O surto terá começado na Holanda e está a atingir quase toda a Europa. A Direção-Geral de Saúde vai divulgar ainda esta terça-feira as normas de orientação clínica para que os médicos possam lidar da melhor maneira com este surto.

  • Bruno de Carvalho e Octávio Machado suspensos

    Desporto

    O presidente do Sporting, Bruno de Carvalho, e o diretor-geral para o futebol, Octávio Machado, foram esta terça-feira suspensos pelo Conselho de Disciplina da Federação Portuguesa de Futebol, na sequência de uma queixa apresentada pelo Benfica em novembro de 2015.

  • Corredora exausta é levada ao colo até à meta na meia maratona do amor
    1:06

    Mundo

    Aconteceu este domingo em Filadélfia, EUA. A poucos metros da meta uma corredora exausta é amparada por dois colegas. Mas o cansaço é tanto que fica sem força nas pernas. É quando aparece a terceira ajuda. Um homem volta para trás e leva-a no colo até à meta. A centímetros do fim larga-a para que a corredora possa atravessar a meta pelo seu próprio pé.

    Patrícia Almeida

  • Kennedy acreditava que Hitler estava vivo

    Mundo

    Um diário de John F. Kennedy vai a leilão em Boston, nos Estados Unidos da América. O diário foi escrito durante a sua breve carreira como jornalista, depois da 2.ª Guerra Mundial. No livro, foram expostas algumas teorias do antigo Presidente norte-americano, como a possibilidade de Hitler estar vivo.

    Ana Rute Carvalho