sicnot

Perfil

Economia

PCP acusa anterior Governo de embuste no discurso de retoma económica

PCP acusa anterior Governo de embuste no discurso de retoma económica

O Partido Comunista acusa a coligação PSD/CDS e ter propagado um embuste durante a campanha eleitoral ao garantir que o país estava a crescer. António Filipe diz que, neste momento, a economia caracteriza-se pela estagnação. Segundo o INE, o Produto Interno Bruto (PIB) apresentou uma variação nula no terceiro trimestre de 2015 face ao trimestre anterior e que cresceu 1,4% em relação ao mesmo trimestre de 2014. E, a taxa de desemprego manteve-se em 12,4 por cento em outubro, o mesmo valor registado em setembro.

  • O país "precisa das medidas do novo governo para atingir meta de crescimento" em 2015
    0:45

    Economia

    O PS defende que os dados do Instituto Nacional de Estatística (INE) conhecidos hoje demonstram a necessidade de pôr em marcha as políticas do novo Executivo. Em declarações aos jornalistas, o deputado João Galamba acusa o anterior Governo de ter faltado à verdade quando falou de retoma. Segundo o INE, o Produto Interno Bruto (PIB) apresentou uma variação nula no terceiro trimestre de 2015 face ao trimestre anterior e que cresceu 1,4% em relação ao mesmo trimestre de 2014. E, a taxa de desemprego manteve-se em 12,4 por cento em outubro, o mesmo valor registado em setembro.

  • Dados do INE "contradizem narrativa de sucesso económico da coligação" PSD-CDS
    0:42

    Economia

    Para o Bloco de Esquerda (BE), os dados revelados hoje pelo Instituto Nacional de Estatística (INE) contradizem de forma clara a narrativa de sucesso económico que a coligação PSD-CDS usou durante a campanha eleitoral. Segundo o INE, a taxa de desemprego manteve-se em 12,4 por cento em outubro, o mesmo valor registado em setembro. E, o Produto Interno Bruto (PIB) apresentou uma variação nula no terceiro trimestre de 2015 face ao trimestre anterior e que cresceu 1,4% em relação ao mesmo trimestre de 2014.

  • "É evidente que não fecho a porta ao Eurogrupo"
    1:38

    Economia

    O ministro das Finanças diz que não fecha a porta ao Eurogrupo. A declaração é feita numa entrevista ao semanário Expresso. No entanto, Mário Centeno deixa a ressalva que qualquer ministro das Finanças do Eurogrupo pode ser presidente.

  • Trump adia decisão sobre permanência nos acordos de Paris
    1:48
  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14