sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a subirem em todos os prazos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a subir em todos os prazos face a segunda-feira, alinhados com os da Grécia, Itália e Espanha.

Cerca das 08:40 de hoje em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a subir para 2,345%, contra 2,315% na segunda-feira e depois de terem subido até aos 3,253% a 15 de junho passado, um máximo desde meados de outubro de 2014.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a subir, para 1,015%, contra 0,998% no fecho de segunda-feira, depois de terem atingido o máximo de 1,927% a 16 de junho e o mínimo de sempre de 0,749% a 10 de abril deste ano.

No mesmo sentido, no prazo de dois anos, os juros estavam a subir para 0,147%, contra 0,134% na segunda-feira.

O mínimo de sempre dos juros a dois anos, de 0,013%, foi alcançado a 13 de abril passado.

Os juros da Irlanda estavam a descer a dois e cinco anos e a subir a dez anos.

Em relação aos juros de Grécia, estes estavam a subir a dois e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:40:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

01/12....0,147.....1,015....2,345

30/11....0,134.....0,998....2,315

Grécia

01/12......7,093....n disp....7,408

30/11......7,086....n disp....7,382

Irlanda

01/12......-0,207....0,119.....1,033

30/11......-0,203....0,101.....0,987

Itália

01/12.....-0,015.....0,388....1,450

30/11.....-0,028.....0,367....1,417

Espanha

01/12.....-0,033......0,518....1,551

30/11.....-0,038......0,493....1,518

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • "A vitória de Bruno de Carvalho pode ser uma vitória de Pirro"
    1:01
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    As eleições para a presidência do Sporting realizam-se no próximo sábado e os comentadores d'O Dia Seguinte avaliaram já as hipóteses de vitória dos candidatos. Rui Gomes da Silva considera que a gravação que implicava José Maria Ricciardi não vai influenciar a decisão de voto. Já Paulo Farinha Alves acredita que Bruno de Carvalho vai vencer a eleição. Contudo José Guilherme Aguiar avisa as eleições podem não trazer estabilidade ao Sporting.

  • SIC revela relatório que provava falência do GES
    2:06
  • Sócrates acusa Cavaco de conspiração
    0:57
  • Vulcão Etna em erupção
    1:34
  • "Geringonça" elogiada na Europa e EUA
    4:22
  • Como a maioria de Esquerda gere as votações
    2:15

    País

    A gestão entre os partidos é feita diariamente mas nem sempre PCP e Bloco de Esquerda têm votado ao lado do Governo. A SIC ouviu um politólogo, que diz que o objetivo é cada um salientar as diferenças que os separam do PS. No entanto, também há exemplos que provam que nenhum dos partidos quer pôr em causa a estabilidade política.