sicnot

Perfil

Economia

Governo quer beneficiar trabalhadores que descontem mais anos

O governo quer premiar os trabalhadores com mais de 40 anos de descontos e que continuem no ativo depois dos 66 anos. A intenção consta do programa do Governo que é hoje debatido no Parlamento.

(Arquivo Reuters)

(Arquivo Reuters)

REUTERS

O Diário de Notícias diz que a medida faz parte de um conjunto de reformas para reforçar a sustentabilidade da Segurança Social e prolongar a vida ativa, mas ainda não se sabe ao certo que benefícios estão previstos para estes casos.

Esta possibilidade de dar um bónus a quem desconte mais de 40 anos surge numa altura em que a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) vem dizer que os países devem limitar as saídas antecipadas para a reforma.

Entre as medidas chave introduzidas para melhorar as contas dos sistemas de pensões, a OCDE destaca o aumento da idade da reforma assim como as limitações às reformas antecipadas, mas refere também que os desafios financeiros dos sistemas de pensões são apenas "uma parte da equação".

"A outra parte deve preocupar-se em garantir se no futuro os sistemas nos diferentes estados-membros serão suficientes para dar qualidade de vida adequada à população com mais de 65 anos", indica a OCDE.

  • Jovens adoptados e filha do líder da IURD com versões diferentes dos acontecimentos
    4:06

    País

    Os jovens adoptados e a filha do bispo Edir Macedo, que alegadamente os adoptou, têm versões diferentes sobre o que aconteceu. Vera e Luís Katz garantem que foram adoptados por uma família norte-americana, com que viveram até aos 20 anos. Viviane Freitas, filha do líder da Igreja Universal do Reino de Deus, conta que foi mãe das crianças durante três anos, apesar de lhe ter sido negada a adopção.

  • Cabecilha da seita Verdade Celestial é "mentiroso, egocêntrico e psicótico"
    2:22

    País

    O cabecilha da seita "Verdade Celestial" foi condenado a 23 anos de pena de prisão por abusos sexuais de crianças e adolescentes. O juiz diz que o cabecilha do grupo era mentiroso patológico, egocêntrico, impulsivo e com personalidade psicótica. Dos oito acusados, duas mulheres foram absolvidas e seis arguidos foram condenados a penas efectivas. A rede de abusadores foi desmantelada há dois anos, numa quinta de Palmela.

  • Mau tempo obriga ao cancelamento de centenas de voos na Europa
    1:21