sicnot

Perfil

Economia

Santos Silva diz que a antiga maioria já falhou a meta do défice em 2015

O ministro dos Negócios Estrangeiros defendeu esta quinta-feira que o anterior Executivo PSD/CDS-PP já falhou a sua meta de défice para este ano, num discurso em que advertiu que o tempo não está para radicalizações mas para compromissos.

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

Ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva.

MIGUEL A. LOPES / Lusa

Esta posição foi transmitida pelo "número dois" da hierarquia do novo executivo minoritário socialista, Augusto Santos Silva, no encerramento do debate do programa do XXI Governo Constitucional e pouco antes de a esquerda parlamentar ter chumbado a moção de rejeição apresentada pelo PSD e CDS-PP.

Augusto Santos Silva frisou que o atual Governo tudo fará para que Portugal feche este ano com um défice abaixo dos três por cento, libertando o país do procedimento por défice excessivo da União Europeia, mas deixou um aviso: "Uma coisa é certa. A antiga maioria PSD/CDS, que falhou o seu próprio objetivo orçamental em 2011, em 2012, em 2013 e em 2014 também falhou a meta de 2,7 por cento que fixou em 2015", disse.

Lusa

  • Costa diz que PS não quer abrir trincheira de confronto
    3:29

    País

    António Costa diz que o novo Governo derrubou "um velho muro de 40 anos", mas garante que não quer abrir trincheiras de confronto. O primeiro dia de debate do programa de Governo ficou, no entanto, marcado pelo clima de tensão entre as bancadas do Executivo e da oposição. O primeiro-ministro rejeitou o desafio do PSD de apresentar uma moção de confiança e comprometeu-se a fazer tudo o que for possível para cumprir o défice deste ano.

  • Vem lá chuva

    País

    A chuva vai voltar a Portugal continental a partir de quarta-feira e pelo menos até domingo, enquanto as temperaturas mínimas deverão subir.

  • "O Sporting é o um barco à deriva"
    2:26
    O Dia Seguinte

    O Dia Seguinte

    2ªFEIRA 21:50

    A crise do Sporting foi o principal tema em O Dia Seguinte, esta segunda-feira. José Guilherme Aguiar censura Bruno de Carvalho por ter convidado Jorge Jesus para a comissão de honra da recandidatura. Já Rogério Alves não tem dúvidas que a contestação tem aumentado de tom devido à proximidade das eleições do Sporting. Rui Gomes da Silva pensa que toda a direção leonina é responsável pelo mau momento atual do clube.

  • Deputado do PS abandona partido e pode colocar em causa maioria parlamentar
    2:28

    País

    Domingos Pereira foi eleito pelo círculo de Braga. Agora, vai demitir-se do Partido Socialista e entregar o cartão de militante. Contudo, mantém-se no Parlamento, passando assim a deputado independente na Assembleia da República. Pode estar em causa a maioria parlamentar quando o PCP se abstiver.

    Notícia SIC

  • Violação emitida em direto no Facebook

    Mundo

    Três homens foram detidos na Suécia, por suspeitas de violação de uma mulher, num apartamento a 70 quilómetros da capital. Os suspeitos filmaram o ato de violência e exibiram-no em direto no Facebook.

  • "O México não acredita em muros"
    0:45

    Mundo

    Em resposta a Donald Trump, o Presidente mexicano diz que o país não acredita em muros, mas em pontes. Enrique Peña Nieto diz ainda que o México vai procurar dialogar com os Estados Unidos sem confrontos, mas também sem submissão.