sicnot

Perfil

Economia

Samsung acordou pagar à Apple 548 milhões de dólares

A Samsung concordou em pagar à rival Apple cerca de 548 milhões de dólares (cerca de 502 milhões de euros), pondo fim a uma batalha por patentes que decorre há anos no tribunal federal da Califórnia.

(Arquivo)

(Arquivo)

© Mike Segar / Reuters

A empresa da Coreia do Sul disse hoje que vai pagar à Apple aquele montante, mas que se reserva ao direito de receber o dinheiro de volta caso a verba seja modificado ou anulado em recurso.

A Apple disse não concordar e que tem direito a ser reembolsada.

Um tribunal decidiu dar razão à Apple em setembro, restando à Samsung recorrer ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos.

"A Samsung confirmou à Apple que vai pagar os 548 milhões de dólares", disseram os advogados que representam as empresas.

A Samsung e a Apple decidiram o ano passado retirar dos tribunais fora dos Estados Unidos todas as disputas por patentes, fazendo um cessar-fogo parcial no conflito entre os dois maiores fabricantes de 'smartphones' do mundo.

Em causa estão acusações de mútuas de usurpação de patentes relacionadas com produtos para aqueles telemóveis e tabletes.

As duas empresas decidiram, contudo, continuar com os processos judiciais nos Estados Unidos.

Lusa

  • Manuel Valls diz que Trump fez declaração de guerra à Europa

    Mundo

    O antigo primeiro-ministro francês Manuel Valls, aspirante a candidato socialista às presidenciais deste ano, considerou esta segunda-feira como uma "declaração de guerra" as afirmações do futuro Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, sobre a União Europeia.

  • Morreu o último homem que pisou a Lua

    Mundo

    O astronauta norte-americano Eugene Cernan, o último homem a pisar a Lua, morreu esta segunda-feira aos 82 anos, informou a agência espacial norte-americana, NASA.

  • Novo motim em prisão brasileira do Rio Grande do Norte

    Mundo

    Um motim ocorreu esta segunda-feira de madrugada numa prisão do estado brasileiro de Rio Grande do Norte, sem fazer feridos ou mortos, depois de uma rebelião numa outra prisão do mesmo estado ter feito 26 mortos no fim de semana.

  • Cheias e derrocadas destroem várias casas no Peru
    0:42

    Mundo

    Um deslizamento de terras seguido de uma inundação destruiu várias casas no Peru. As imagens mostram o momento em que o deslizamento acontece e o caos que se gerou. O trânsito ficou cortado e as inundações que se seguiram obrigaram várias pessoas a abandonar as suas habitações.