sicnot

Perfil

Economia

OCDE estima aumento ligeiro do crescimento económico em Portugal

A Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico (OCDE) prevê que a atividade económica em Portugal aumente ligeiramente nos próximos meses, enquanto na zona euro, incluindo a Alemanha, o ritmo se mantém estável.

(Arquivo)

(Arquivo)

Nos indicadores compósitos avançados da OCDE de outubro (que apontam para a tendência de melhoria ou abrandamento da atividade económica num período futuro entre seis a nove meses), hoje divulgados, os dados dão conta de uma ligeira subida nas perspetivas de melhoria da atividade económica em Portugal.

O índice compósito da OCDE para Portugal subiu em outubro para 101,2, acima da média de longo prazo de 100 pontos, contra os 101,0 observados em setembro.

Para a zona euro, o índice compósito manteve-se nos 100,6 pontos em outubro, o mesmo valor estimado em setembro.

A média do conjunto dos países da OCDE aponta também para uma estabilidade da atividade económica, com o índice compósito de outubro a fixar-se nos 99,8 pontos, o mesmo registado em setembro.

A OCDE estima que, entre as principais economias emergentes, existem sinais preliminares de estabilização na China, assim como no Brasil, enquanto existe um crescimento firme na Índia.

A organização considera que na Rússia continua a perspetiva de um fraco ritmo de crescimento.

Lusa

  • Marcelo saúda "forma rápida" como Conselho de Ministros "tratou de tudo"
    1:03

    País

    O Presidente da República lembra que é preciso convergência de forma a adotar rapidamente as medidas mais urgentes do plano de emergência. No concelho de Tábua, Marcelo Rebelo de Sousa destacou ainda os esforços do Conselho de Ministros, mas lembrou que as medidas anunciadas são apenas o início de um processo e não o fim.