sicnot

Perfil

Economia

Tráfego de internet móvel sobe 35,7% no 3º trimestre

O tráfego de Internet móvel aumentou 35,7% no terceiro trimestre deste ano, sobretudo impulsionado pelo aumento de 55% do tráfego de dados nos smartphones, divulgou hoje a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM).

© Thomas Mukoya / Reuters (Arquivo)

Já o tráfego gerado pelas placas/modem subiu 26,9%, assim como o número de utilizadores que efetivamente utilizaram Internet em banda larga móvel subiu 4,1% face ao trimestre anterior e 22,6% em termos homólogos, ao chegar aos 5,5 milhões.

"A evolução da banda larga móvel tem sido impulsionada, sobretudo, pelo aumento do número de utilizadores de smartphones [telefones inteligentes], que neste trimestre já representavam 64,2% do total de utilizadores de telemóvel (um crescimento homólogo de 14,5 pontos percentuais)", lê-se no comunicado do regulador.

A MEO lidera a quota de clientes ativos de banda larga, com 43%, seguindo-se a Vodafone e a NOS com 29,2% e 27,5%, respetivamente, o que representa em termos homólogos uma queda de 4,8 pontos percentuais para a MEO e uma subida de 3,9 e 0,9 pontos percentuais para os restantes.

A liderar no tráfego destaca-se de novo a MEO, com 34,7%, a única a aumentar a sua quota no trimestre, seguida pela NOS, com 33,5%, e Vodafone, com 31,8%.

No total, o tráfego de acesso à Internet em banda larga (fixa e móvel) aumentou 10,1%, sobretudo devido ao aumento de 9,1% do tráfego de banda larga fixa, que representa 95,2% do total.

O número de acessos de banda larga fixa também aumentou, mais de 11% em termos homólogos, atingindo os 3,07 milhões no final de setembro.

Para tal, contribuiu o crescimento da fibra ótica, de 7,1% no trimestre e 34,2% em termos homólogos, representando 25,2% do total de acessos.

A quota de acessos fixos da MEO atingiu os 45%, seguindo-se o Grupo NOS com uma quota de 36% e a Vodafone com 14% e no tráfego de banda larga fixa, o primeiro tem uma quota de 44,2%, a NOS 41,4% e a Vodafone 8,1%.

As receitas provenientes do serviço de acesso à Internet fixo 'stand-alone' e de pacotes de serviços que incluem este serviço totalizaram, nos primeiros nove meses de 2015, cerca de 1.118 milhões de euros.

Lusa

  • "Cada drama, cada problema, cada testemunho, impressiona muito"
    1:55
  • Clínica veterinária em Tondela recebeu dezenas de animais feridos nos fogos
    2:57

    País

    Tondela foi um dos municípios mais atingidos pelo incêndio, deixando dezenas de animais feridos e perdidos no concelho. Várias clínicas veterinárias são agora um porto de abrigo e, em alguns casos, um ponto de encontro. Muitos dos animais chegaram recolhidos por voluntários e a maior parte dos casos são animais que, no momento de aflição, foram soltos pelos donos e salvos pelo instituto de sobrevivência.

  • Temperaturas sobem até ao final do mês
    1:09

    País

    O tempo não dá tréguas e, até ao final do mês, as temperaturas vão atingir valores acima do normal para esta época do ano. As temperaturas máximas vão subir entre os 25 e os 32 graus. O risco de incêndio aumenta a partir desta segunda-feira em todo o país e os meios aéreos, viaturas, operacionais e equipas de patrulha vão ser reforçados.

  • Maioria das praias do Algarve já não tem nadador-salvador
    2:19

    País

    A lei não obrigada os concessionários a garantir o serviço e, por isso, a esmagadora maioria das praias do Algarve está sem vigilância desde 30 de setembro. Ainda assim, os areais vão atraindo milhares de banhistas com as temperaturas altas que ainda se fazem sentir. Um nadador-salvador recomenda os banhistas a não nadar e, em dias de ondulação, evitar caminhadas à beira-mar.

  • Parlamento catalão vai responder à ativação do artigo 155
    1:54
  • A história por detrás da fotografia que correu (e impressionou) o Mundo

    Mundo

    Depois dos incêndios da semana passada na Galiza, começou a circular na internet e nas redes sociais a imagem de uma cadela que alegadamente levava a sua cria carbonizada na boca. Contudo, a cadela é na verdade macho e chama-se Jacki. Esta é a história do cão que passou os dias após os fogos a recolher animais mortos para os enterrar num campo perto de uma igreja, em Coruxo, Vigo.

    SIC

  • Quando o cão de Macron fez chichi no gabinete do Presidente francês
    0:31