sicnot

Perfil

Economia

Meta do défice para 2015 não foi cumprida e são precisas medidas adicionais

O Conselho de Ministros decidiu que são precisas medidas adicionais para o cumprimento da meta abaixo dos 3% e para que o país possa sair do procedimento por défices excessivos instaurado pela União Europeia. A meta de 2,7% não foi cumprida, disse o ministro das Finanças.

MIGUEL A. LOPES/ LUSA ( ARQUIVO)

No final da reunião do Conselho de Ministros, Mário Centeno reafirmou a vontade do Governo de conseguir que o défice de 2015 fique abaixo dos 3%.

Os ministérios estão impedidos de gastar o dinheiro que ainda resta e as administrações públicas vão contar com menos 46 milhões de euros.

Governo mantém défice de 2,8% para 2016

Quanto ao próximo ano, o ministro das Finanças adianta que mantém o objetivo de 2,8%, sem que sejam necessárias outras medidas.

"A forma como elaborámos o exercício orçamental que sustenta o Programa de Governo partia de uma estimativa para o défice em 2015 próxima do objetivo que nós neste momento queremos alcançar, que são os 3%, e com isso a saída do Procedimento de Défices Excessivos", afirmou Mário Centeno. "Esta meta que agora nos propomos [3%] não tem, não traz nenhuma perturbação às medidas a incluir no Orçamento de 2016", acrescentou.

As Grandes Opções do Plano serão entregues até à 1ª quinzena de janeiro.

EM ATUALIZAÇÃO/Com Lusa

  • Medidas adicionais para manter défice abaixo de 3%
    0:58

    Economia

    O ministro das Finanças acaba de confirmar que não é possível atingir um défice de 2,7% este ano. Mário Centeno diz que vão ser precisas medidas adicionais, com reforço da contenção do lado da despesa, para pelo menos tentar que o buraco das contas fique abaixo dos 3%. O Governo adotará medidas de "congelamento de processos pendentes de descativações e transições de saldo de gerência considerados não urgentes", referiu Mário Centeno.

  • O que é a Taxa Social Única
    2:54

    Economia

    A TSU é uma conversa antiga entre governos, oposição e parceiros sociais. E nos últimos anos tem sido umas das principais moedas de troca, quer para subir salários quer para incentivar a contratação. Pedro Benevides explica o que é a TSU e de que forma está a dividir as opiniões no parlamento.

  • Salgado impedido de sair do país e de contactar outros arguidos
    1:21

    Operação Marquês

    O ex-presidente do BES, Ricardo Salgado, ficou esta quarta-feira impedido de se ausentar para o estrangeiro sem autorização prévia e proibido de contactar com os arguidos da Operação Marquês, determinou o Tribunal Central de Instrução Criminal. O jornalista da SIC Luís Garriapa esteve no TCIC, onde deu a conhecer as medidas de coação, depois de uma "longa maratona de nove horas".

  • Temperatura global de 2016 foi a mais alta desde 1880

    Mundo

    A temperatura média na superfície terrestre e oceânica em 2016 foi a mais alta desde 1880, no terceiro ano consecutivo de recordes do aquecimento global, anunciou esta quarta-feira a agência dos Estados Unidos para a atmosfera e os oceanos.

  • CIA desvenda segredos de quase 50 anos de História

    Mundo

    A CIA publicou online quase 12 milhões de documentos confidenciais. Basta uma ligação à Internet para navegar por entre 50 anos de relatórios outrora secretos. Entre os milhões de páginas, estão documentos sobre um eventual assassínio de Fidel Castro, detalhes sobre os crimes de guerra nazis, relatórios sobre avistamentos de OVNI e um estudo sobre telepatia denominado "Projeto Star Gate".

  • Cadela sobrevive após engolir faca de cozinha

    Mundo

    Na Escócia, uma história de sobrevivência, no mínimo, bicuda. Uma cadela engoliu uma faca de cozinha com mais de 20 centímetros, manteve-a dentro de si durante algumas semanas mas sobreviveu, depois de ser operada de urgência..