sicnot

Perfil

Economia

Juros da dívida de Portugal a cair a dois, cinco e dez anos

Os juros da dívida portuguesa estavam hoje a cair a dois, cinco e dez anos em relação a quinta-feira, alinhados com os da Grécia, Irlanda e Itália.

(Lusa/ Arquivo)

Cerca das 08:50 de hoje em Lisboa, os juros da dívida portuguesa a dez anos estavam a cair para 2,408%, contra 2,447% na quinta-feira. Nos últimos seis meses, os juros a cinco subiram até ao máximo de 3,253% a 15 de junho e desceram até ao mínimo de 2,257% a 2 de dezembro.

O mínimo de sempre é de 1,560% e foi registado a 13 de março passado.

Os juros a cinco anos também estavam a cair, para 1,046%, contra 1,058% no fecho de quinta-feira, depois de terem atingido o mínimo de sempre de 0,749% a 10 de abril deste ano.

Os valores mínimo e máximo dos últimos seis meses dos juros a cinco anos foram de 0,918% a 2 de dezembro e de 1,905% a 16 de junho.

No mesmo sentido, no prazo de dois anos, os juros estavam a descer para 0,097%, contra 0,107% na quinta-feira.

Nos últimos seis meses, os valores mínimo e máximo dos juros a dois anos foram de -0,003% a 25 de junho e de 0,778% a 8 de julho.

Os juros de Espanha estavam a subir a dois anos e a cair a cinco e dez anos.

Juros da dívida soberana em Portugal, Grécia, Irlanda, Itália e Espanha cerca das 08:50:

2 anos... 5 anos... 10 anos

Portugal

11/12....0,097.....1,046....2,408

10/12....0,107.....1,058....2,447

Grécia

11/12......8,343....n disp....8,406

10/12......8,344....n disp....8,444

Irlanda

11/12......-0,156....0,139.....1,073

10/12......-0,154....0,143.....1,081

Itália

11/12......0,050.....0,487....1,536

10/12......0,056.....0,492....1,548

Espanha

11/12......0,065......0,613....1,605

10/12......0,051......0,614....1,616

Fonte: Bloomberg Valores de 'bid' (juros exigidos pelos investidores para comprarem dívida) que compara com fecho da última sessão.

Lusa

  • Incêndios em Portugal - um mês depois
    9:10

    Reportagem Especial

    Regressar a casa para refazer a vida é tudo o que querem as famílias a quem o fogo levou quase tudo, há cerca de um mês. Contudo, esse regresso não tem sido fácil. Depois dos incêndios, famílias e empresas ainda têm de vencer as burocracias. A Reportagem Especial deste sábado regressa a Seia, onde arderam mais de 70 casas de primeira habitação e onde a vida de muitos parece ter entrado num impasse.

  • Caixa multibanco assaltada em Portugal a cada dois dias
    2:43

    País

    O semanário Expresso conta que a mulher que morreu vítima de um disparo de agentes da PSP foi atingida pelas costas. O caso está a ser investigado pela PJ, que procura encaixar as peças da noite que acabou com uma morte inocente mas que começou com uma perseguição a um grupo de assaltantes de um multibanco. Assaltos que são cada vez mais comuns e que preocupam o Governo. A cada dois dias, uma caixa é assaltada.

  • Metro de Lisboa vai reduzir consumo de água

    País

    O Metro de Lisboa colocou em prática um programa para reduzir o consumo de água devido à situação de seca em Portugal, respondendo assim ao apelo do Ministério do Ambiente, segundo um comunicado divulgado este sábado.