sicnot

Perfil

Economia

CGTP quer aumento de salários no setor privado em 2016

A CGTP marcou hoje um Plenário Nacional de Sindicatos para 14 de janeiro para impulsionar a reivindicação de aumentos generalizados dos salários no setor privado no próximo ano, informou a central sindical.

(Arquivo/Reuters)

(Arquivo/Reuters)

Reuters (Arquivo)

"Queremos realizar um grande plenário de sindicatos a 14 de janeiro para dar impulso à reivindicação do aumento generalizado dos salários e para incentivar à participação no nosso congresso, que se realiza a 26 e 27 de fevereiro", disse à agência Lusa o secretário-geral da CGTP, Arménio Carlos, no final de uma reunião do Conselho Nacional da central.

Arménio Carlos explicou que o objetivo é apelar à participação dos trabalhadores, que considerou fundamental, para "um aumento generalizado dos salários no setor privado".

Este é um dos eixos estratégicos definidos hoje pela CGTP para concretizar até ao congresso, com o intuito de "melhorar a distribuição da riqueza", acrescentou o dirigente sindical.

E destacou: "Vamos defender um aumento generalizado dos salários no setor privado porque ele é fundamental para o reequilíbrio da distribuição da riqueza, que contribuirá para o desenvolvimento económico do país e para a coesão social".

Para o sindicalista, este aumento generalizado das remunerações "pode ser um investimento com retorno", porque os trabalhadores vão poder consumir mais e as empresas poderão, assim, criar mais emprego e dinamizar a economia.

O Conselho Sindical da CGTP decidiu ainda "dinamizar fortemente a ação reivindicativa no primeiro semestre do próximo ano", apostando na revitalização da contratação coletiva, avançou.

Com esse objetivo, as estruturas sindicais da central já entregaram milhares de propostas reivindicativas aos representantes patronais, revelou Arménio Carlos.

Lusa

  • Marco Silva vai treinar o Watford

    Desporto

    O treinador português Marco Silva assinou contrato com o Watford, da Liga Inglesa. O emblema que terminou a última Premier League na 17ª posição, a última antes dos lugares de descida, ganhou assim a corrida ao Crystal Palace e ao FC Porto, que também tentaram contratar o técnico.

  • "A maior conquista foi construir estabilidade"
    2:14

    Economia

    António Costa voltou esta sexta-feira a garantir que a partir de junho nenhum subsídio de desemprego será inferior a 421 euros por mês. O primeiro-ministro falava nas jornadas parlamentares do PS, onde afirmou que a estabilidade é a maior conquista deste Governo.

  • Com a multiplicação de bons indicadores económicos e financeiros do país, multiplicam-se os elogios ao Governo e declaram-se mortas e enterradas as políticas do passado recente, nomeadamente a da austeridade. Nada mais errado. O que os bons resultados agora alcançados provam definitivamente é que a austeridade resolveu de facto os problemas das contas públicas e, mais do que isso, contribuiu para o crescimento económico que foi garantido por reformas estruturais e pela reorientação do modelo económico.

    José Gomes Ferreira

  • Raízes de ciência e rebentos de esperança
    14:14
  • Portugal pode ser atingido por longos períodos de seca

    País

    Portugal e Espanha podem ser atingidos até 2100 por 'megasecas', períodos de seca de dez ou mais anos, segundo os piores cenários traçados num estudo da universidade britânica Newcastle, que tem a participação de uma investigadora portuguesa.

  • G7 reforça compromisso na luta contra o terrorismo
    2:11
  • Uma foto para a história

    Mundo

    As mulheres dos líderes mundiais que se reúnem nas cimeiras da NATO posam para a fotografia oficial das primeiras-damas. A deste ano é histórica. Pela primeira vez, há um marido de um primeiro-ministro entre as nove mulheres. Trata-se de Gauthier Destenay, casado com o líder do Luxemburgo.