sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da Soares da Costa em greve amanhã

Trabalhadores da Soares da Costa vão fazer greve e realizar protestos na quinta-feira contra os salários em atraso, disse à Lusa o membro da Comissão de Trabalhadores da construtora José Martins.

De acordo com o responsável, na terça-feira foi realizado um plenário de trabalhadores, devido aos atrasos de salários e subsídio de Natal, do qual saiu uma resolução a exigir o pagamento até hoje dos vencimentos ou avançavam para greve e protestos esta quinta-feira frente aos estaleiros da empresa em Vila Nova de Gaia.

Essa greve vai mesmo acontecer, disse José Martins, afirmando que o período em greve coincidirá com o do tempo que durar o protesto, que arranca logo pela manhã mas ainda não está definido quando acaba.

A Soares da Costa anunciou hoje à Comissão de Trabalhadores que vai abrir um processo de despedimento coletivo de cerca de 500 funcionários, o que para José Martins vem "reforçar" a greve desta quinta-feira.

Na carta em que dá conta da decisão, e a que a Lusa teve acesso, a empresa justifica os despedimentos com a crise em Portugal e Angola, seu principal mercado, e com os prejuízos acumulados nos últimos anos.

A Soares da Costa Construções tinha em janeiro 1.060 funcionários, afirmou o membro da Comissão de Trabalhadores.

Lusa

  • Madrid suspende governo regional da Catalunha

    Mundo

    O chefe do Governo espanhol anunciou hoje que decidiu acionar o artigo 155º da Constituição espanhola e pedir ao Senado a suspensão das funções do governo regional da Catalunha. Em conferência de imprensa justificou a adoção das medidas dada a "desobediência rebelde, sistemática e consciente" do Governo regional (Generalitat).

    Em atualização

  • Manifestações contra os incêndios um pouco por todo o país
    1:33

    País

    Estão marcadas para esta tarde várias manifestações contra os incêndios e as políticas florestais, mas também de homenagem às vítimas dos fogos que arrasaram o país. As iniciativas de protesto são quase todas organizadas através das redes sociais e por grupos de cidadãos.

  • Ministra do Mar não aceita suspensão da pesca da sardinha
    2:39

    Economia

    O organismo científico que aconselha a Comissão Europeia em matéria de pescas recomendou esta sexta-feira que Portugal e Espanha não pesquem sardinha no próximo ano. A Ministra do Mar não aceita esta recomendação de capturas zero e vai propor uma redução do limite de capturas de sardinha das 17 mil toneladas deste ano para cerca de 14 mil em 2018.