sicnot

Perfil

Economia

Ucrânia avança com acordo comercial com a UE

O Presidente ucraniano, Petro Poroshenko, garantiu hoje, em Bruxelas, a entrada em vigor de comércio livre com a União Europeia, a 01 de janeiro, apesar das restrições económicas ditadas por Moscovo.

© Vasily Fedosenko / Reuters

Ao lado do presidente do Conselho Europeu, Donald Tusk, e do presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, Poroshenko informou que o seu país "está pronto a pagar o preço" pela aproximação comercial com o espaço europeu.

"Estamos prontos a pagar o preço pela nossa liberdade e pela nossa escolha europeia", disse em conferência de imprensa.

O Presidente russo, Vladimir Putin, decretou hoje a suspensão do contrato de comércio livre com a Ucrânia, a partir de 01 de janeiro, devido a "circunstâncias que prejudicam os interesses e a segurança económica da Federação da Rússia".

Concretamente, o documento suspende a aplicação à Ucrânia do tratado assinado a 18 de outubro de 2011 e que criava um regime comercial especial entre os membros da Comunidade dos Estados Independentes (ex-URSS exceto países bálticos e Geórgia).

A Rússia tem vindo a repetir que o acordo de comércio livre entre Kiev e Bruxelas, previsto no Acordo de Associação entre a Ucrânia e a UE, pode inundar o seu mercado de produtos europeus se não forem tomadas medidas de proteção comercial.

Moscovo já ameaçou alargar à Ucrânia a 01 de janeiro o embargo aplicado aos países ocidentais que sancionam a Rússia pelo seu envolvimento na crise ucraniana se não chegar a acordo com Bruxelas e Kiev sobre a aplicação do contrato entre eles.

Lusa

  • O insólito cartão amarelo mostrado a Felipe

    Desporto

    Aos 53 minutos do jogo desta quarta-feira entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Sousa apercebe-se que Felipe enganou-se na camisola que vestiu ao intervalo. O defesa central reentrou com a camisola de Soares. O árbitro mostrou o cartão amarelo e mandou o jogador para o banco trocar de camisola.

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.