sicnot

Perfil

Economia

Lidl investe mais de cinco milhões e cria 19 postos de trabalho em Matosinhos

A rede supermercados Lidl inaugura hoje um novo conceito de loja em Matosinhos - São Mamede de Infesta, que representa um investimento de mais de cinco milhões de euros e cria 19 postos de trabalho.

© Christian Hartmann / Reuters


De acordo com a rede de retalho de origem alemã, 20 anos depois de ter entrado no mercado português, o Lidl inaugura hoje a sua 241.ª loja, com um novo conceito, numa área comercial de 1.400 metros quadrados, em Matosinhos.

Trata-se de "um investimento superior a cinco milhões de euros" que "permitiu a criação de 19 postos de trabalho", refere a empresa.

Questionada pela Lusa sobre qual o investimento realizado pelo Lidl este ano em Portugal, fonte oficial da rede de supermercados disse que atualmente a empresa está "na fase de consolidação" do parque de lojas, "pelo que o acréscimo é marginal".

"O nosso foco é garantir um parque de lojas atual e que proporcione uma experiência de compra rápida e confortável, e isso é conseguido através das remodelações que temos vindo a levar a cabo", explicou a mesma fonte.

"A título de exemplo, nos últimos dois anos remodelámos cerca de 60 lojas representando um investimento de 60 milhões de euros, só nesta rúbrica", avançou.

"A instalação da loja Lidl de Matosinhos - São Mamede de Infesta vem colmatar uma falha existente na oferta à população desta freguesia, que passa a ter ao seu dispor uma loja Lidl luminosa e funcional, com uma imagem muito atual e moderna e dotada de todo o conforto para as compras", referiu fonte oficial, adiantando que a remodelação da próxima unidade "já está a decorrer na zona da grande Lisboa", cuja abertura está prevista para final de fevereiro.

Para sinalizar a abertura do seu novo conceito de loja em Matosinhos, o Lidl vai doar cabazes de bens alimentares a 257 famílias carenciadas da freguesia.

  • "Tudo o que o Benfica está a fazer é uma forma de coação"
    1:59
    Play-Off

    Play-Off

    DOMINGO 22:00

    As queixas do Benfica contra a Federação Portuguesa de Futebol e a Liga foram tema de debate no Play-Off da SIC Notícias. Rodolfo Reis, Manuel Fernandes e Rui Santos acreditam que a posição está relacionada com o clássico Benfica-Porto do próximo sábado. Já João Alves considera que estes comunicados podem prejudicar o Benfica.

  • A primeira vez do Sr. Árbitro
    12:41
  • O pedido de desculpas de Dijsselbloem
    2:12

    Mundo

    O Governo português continua a mostrar a indignação que diz sentir perante as declarações do presidente do Eurogrupo. O ministro dos Negócios Estrangeiros português garante que com Dijsselbloem "não há conversa possível". Jeroen Dijsselbloem começou por recusar pedir desculpa mas depois cedeu perante a onda de indignação.