sicnot

Perfil

Economia

Salário mínimo avança sem acordo entre Governo e parceiros sociais

O salário mínimo nacional (SMN) vai aumentar para os 530 euros em janeiro de 2016, apesar da ausência de um acordo entre o Governo e os parceiros sociais, garantiu o ministro do Trabalho, Vieira da Silva.

M\303\201RIO CRUZ

Na ausência de um acordo entre patrões, sindicatos e executivo, "o Governo irá fixar o SMN na próxima reunião do Conselho de Ministros e a 01 de janeiro haverá uma subida do SMN para os portugueses", assegurou Vieira da Silva.

O facto de não ter sido possível chegar a um acordo leva a que o Governo não possa estender para 2016 o desconto de 0,75 pontos percentuais da Taxa Social Única (TSU) das empresas, disse o ministro.

  • PSD e CDS assinalam 36º aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro
    1:38

    País

    O presidente do PSD deixou críticas ao Partido Comunista, este domingo, a propósito do aniversário da morte de Francisco Sá Carneiro. Pedro Passos Coelho lembrou os festejos dos comunistas na altura, numa resposta a quem questionou a abstenção dos sociais-democratas ao voto de pesar a Fidel Castro, que o PCP levou ao Parlamento. Este domingo, tanto o PSD como o CDS-PP prestaram homenagem a Sá Carneiro e Adelino Amaro da Costa.