sicnot

Perfil

Economia

Pequeno-almoço custa hoje menos 40 cêntimos do que em 1985

Uma família portuguesa pagará 1,20 euros por um pequeno-almoço para quatro pessoas em 2016, menos quase 0,40 cêntimos do que pagava há 30 anos, data da adesão de Portugal à então Comissão Económica Europeia (CEE).

(Arquivo)

(Arquivo)

© Susana Vera / Reuters

A 1 de janeiro de 2016 assinalam-se os 30 anos da adesão de Portugal à CEE, depois de a 12 de junho de 1985, o então primeiro-ministro, Mário Soares, ter assinado o tratado que iniciava Portugal na integração europeia.

Nesse ano, o Governo ainda tabelava os preços dos principais bens e as trocas eram feitas com a divisa portuguesa, o escudo. O Diário da República fixava o preço máximo para "a unidade do pão de trigo fabricado com farinha tipo 75" em 4,50 escudos e um litro de leite meio gordo ultrapasteurizado em 62 escudos.

Assim, há 30 anos, um pequeno-almoço simples para quatro pessoas (um litro de leite e quatro pães) custaria 80 escudos, o que equivaleria hoje, segundo o simulador da base de dados Pordata, a 1,55 euros, uma vez que, tendo em conta o efeito da inflação e fazendo o ajustamento cambial, o papo-seco valeria 0,09 euros (menos de metade do que custo de hoje) e o leite valeria 1,19 euros (mais do dobro do que vale hoje).

Em 2016, o preço a pagar pelo mesmo pequeno-almoço rondará os 1,18 euros, já que a associação do setor da panificação admite um aumento entre 2% a 3% no preço do pão e a dos laticínios prevê que o preço se mantenha este ano. Ou seja, no próximo ano o litro de leite deverá permanecer nos 0,52 euros e, com o preço da carcaça entre os 0,12 e os 0,16 euros, quatro papo-secos vão passar a custar 0,66 euros.

Por outro lado, o Salário Mínimo Nacional a 530 euros entra a vigor a 01 de janeiro de 2016, já promulgado pelo Presidente da República, depois de ter sido aprovado pelo Governo em Conselho de Ministros a 23 de dezembro, sem um acordo em sede de concertação social.

Criado por decreto em 26 de Maio de 1974, o salário mínimo foi fixado em 19.200,000 escudos em 1985, valor que a preços atuais seria de 368,91 euros. O que significa que, tendo em conta o aumento previsto para o próximo ano, houve uma progressão de 43,7%.

Por outro lado, em meados da década de 1980, muitos portugueses ainda só conheciam os transportes públicos ou motas de pequena cilindrada, uma realidade que mudou com a entrada na comunidade europeia.

No final de 2012, segundo números do gabinete europeu de estatística, o Eurostat, existiam em Portugal 406 automóveis por 1.000 habitantes, contra os 119,4 carros registados em 1985.

No que toca ao combustível, no final de 2015, os portugueses despendiam em média 1,36 euros por cada litro de gasolina e 1,09 por cada litro de gasóleo, segundo o 'site' Mais Gasolina, menos do que há 30 anos.

A base de dados Pordata refere que, em 1986, um litro de gasolina de 95 octanas custava em média 0,55 euros, o que aos preços de hoje seria 1,88 euros, e que um litro de gasóleo custava 0,33 euros, ou seja, 1,13 euros aos preços de hoje.

Lusa

  • "Às vezes o senhor primeiro-ministro irrita-me um bocadinho"
    2:05

    País

    O Presidente da República disse esta quinta-feira de manhã que António Costa é "irritantemente otimista" por teimar em "ver violeta-rosa onde há roxo". Marcelo Rebelo de Sousa recordou ainda Mário Soares numa aula no Colégio Moderno, em Lisboa.

  • Pyongyang cria vídeo a simular ataque a navios dos EUA
    2:00

    Mundo

    Os Estados Unidos da América pretendem reforçar as sanções à Coreia do Norte e investir nos esforços diplomáticos. Contudo, a tensão militar persiste. Pyongyang emitiu um vídeo em que simula um ataque a navios norte-americanos.

  • Cientistas testam útero artificial em cordeiros prematuros

    Mundo

    Um grupo de cientistas desenvolveu um útero artificial - o Biobag - que se assemelha a uma bolsa de plástico e que ajuda no desenvolvimento de cordeiros prematuros. O método foi testado nestes animais mas os cientistas do Hospital Pediátrico de Filadélfia, nos Estados Unidos, garantem que poderá vir a ser utilizado também em bebés que nascem prematuros.

  • Exame ao sangue descobre cancro um ano antes do reaparecimento

    Mundo

    Uma equipa de investigadores britânicos descobriu uma maneira de identificar o regresso do cancro, com um ano de antecedência. Através de um exame ao sangue, a equipa conseguiu identificar os primeiros sinais da doença, uma série de células invisíveis ao raio-X e à TAC. A descoberta pode vir a permitir tratar o cancro mais cedo e, como resultado, poderá aumentar as chances de o curar.

  • Casados há 69 anos, morrem de mãos dadas com 40 minutos de diferença

    Mundo

    Isaac Vatkin, de 91 anos, morreu cerca de 40 minutos depois de Teresa, de 89 anos, no passado sábado no Highland Park Hospital, no estado norte-americano Ilinóis. "Não queríamos que fossem embora, mas não podíamos pedir que partíssem de melhor maneira", afirmou o neto William Vatkin. O casal morreu no hospital poucos dias depois de celebrarem 69 anos de casados.

  • Trump cria linha de apoio a vítimas de "extraterrestres criminosos"

    Mundo

    Quando o Governo norte-americano usa o termo "extraterrestre criminoso", refere-se a alguém que não é cidadão dos Estados Unidos da América e que foi condenado por um crime. Quando a mesma expressão é usada pelos utilizadores do Twitter, o significado é completamente diferente. Os internautas pensam na série Ficheiros Secretos e em discos voadores. Por isso, o lançamento de uma linha telefónica, por parte da Casa Branca, para as vítimas de "extraterrestres criminosos" só podia dar em confusão.