sicnot

Perfil

Economia

Salário Mínimo Nacional sobe amanhã para 530 euros

O salário mínimo nacional (SMN) vai subir para os 530 euros a partir de 1 de janeiro, de acordo com a proposta do Governo aprovada em Conselho de Ministros, e promulgada na terça-feira pelo Presidente da República.

O executivo apresentou uma proposta de aumento do SMN para a legislatura, começando pelos 530 euros para 2016 e terminando nos 600 euros em 2019. (Arquivo)

O executivo apresentou uma proposta de aumento do SMN para a legislatura, começando pelos 530 euros para 2016 e terminando nos 600 euros em 2019. (Arquivo)

SIC

Depois da promulgação de Belém, o diploma terá agora de ser publicado em Diário da República para que possa entrar em vigor na sexta-feira.

No passado dia 23, o Conselho de Ministros aprovou a subida do SMN -- atualmente nos 505 euros -, para um valor 25 euros superior ao montante pago até hoje, com o ministro do Trabalho, Vieira da Silva, a garantir nesse dia a sua entrada em vigor a 01 de janeiro.

No entanto, a proposta do executivo, que constava do programa do Governo socialista, não obteve o apoio dos parceiros sociais e avançou sem um acordo entre patrões, executivo e centrais sindicais.

O facto de não ter sido possível chegar a um acordo com os parceiros sociais levou a que o Governo tenha decidido aprovar a medida, deixando cair em 2016 a manutenção do desconto de 0,75 pontos percentuais em sede de Taxa Social Única (TSU) para as empresas.

O executivo apresentou uma proposta de aumento do SMN para a legislatura, começando pelos 530 euros para 2016 e terminando nos 600 euros em 2019.

Para chegar aos 600 euros em 2019, o executivo propõe, no seu programa de Governo, que o SMN seja de 530 euros em 2016, passando para os 557 euros em 2017 e para os 580 em 2018.

O SMN esteve congelado nos 485 euros entre 2011 e outubro de 2014, quando aumentou para os 505 euros, na sequência de um acordo estabelecido entre o Governo, as confederações patronais e a UGT.

Segundo as estimativas do Governo, a subida do salário mínimo deverá beneficiar, pelo menos, 650 mil trabalhadores.

Lusa

  • Merkel visita Portugal no final de maio

    País

    A chanceler alemã, Angela Merkel, efetua uma visita oficial a Portugal nos dias 30 e 31 deste mês a convite do primeiro-ministro, António Costa. Com passagem por Braga, Porto e Lisboa.

  • "É pesado dizer a miúdos que ainda ontem os pais estavam a ensinar o atar ténis que vão ficar em prisão preventiva"
    2:49
  • Pecado da gula ameaça maior anfíbio do mundo

    Mundo

    O maior anfíbio do mundo está em sério risco de extinção. Iguaria muito apreciada no Oriente, a salamandra-gigante-da-China já praticamente desapareceu do seu habitat natural, concluiu uma pesquisa realizada durante quatro anos. Em contraste, milhões destes animais são reproduzidos em cativeiro e têm como destino restaurantes de luxo.

  • Reclusos limpam Ria Formosa
    3:01

    País

    Alguns reclusos do estabelecimento prisional de Olhão estão pela segunda vez a limpar a ilha da Armona, na Ria Formosa. São homens que beneficiam de regime aberto e, em fim de cumprimento de pena, têm com este trabalho uma amostra da liberdade que tanto aguardam.