sicnot

Perfil

Economia

Sindicatos da Pesca pedem quota de 30 mil toneladas de sardinha para 2016

A Federação dos Sindicatos do Setor da Pesca (FPSS) defende uma quota para a sardinha na ordem das 30 mil toneladas em 2016, quase o dobro do valor fixado para o ano passado.

(Arquivo)

(Arquivo)

A quota de sardinha ibérica, que é gerida por Portugal e Espanha, ainda não foi definida, mas o Conselho Internacional para a Exploração da Pesca (ICES, na sigla inglesa), um organismo científico independente, recomendou que não ultrapasse este ano as 1.600 toneladas, um valor que implica na prática a paragem da frota de cerco e que os pescadores contestam.

A FPSS considera, num comunicado enviado hoje às redações, que a gestão da pesca da sardinha tem sido feita com base em pressupostos que precisam de ser reavaliados e lembra que o setor foi afetado por "drásticas interdições de pesca", levando a que em 19 meses (entre setembro de 2014 e fevereiro de 2016) se pescasse apenas quatro.

"O setor não suporta uma atividade anual reduzida de cinco meses, não havendo qualquer evidência de que o resultado seria positivo para o recurso", salienta a FPSS, defendendo que é "possível e adequado" garantir um máximo de captura que poderá ir até às 30.000 toneladas.

A FPSS reclama ainda compensações financeiras efetivas sempre que houver interdição de pesca, notando que nos últimos 15 meses os pescadores receberam apenas uma compensação total de 1.800 euros, e a contagem do tempo de interdição de pesca para efeitos da Segurança Social.

Pede também ao Governo que apetreche o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), a entidade responsável pela avaliação do 'stock' de sardinha, com "melhores meios e condições para realizar a sua atividade", já que neste momento são precários.

Lusa

  • Deputados pedem medidas urgentes para travar exploração de urânio junto à fronteira
    3:06

    País

    Um projeto de exploração de urânio no município de Retortilho em Salamanca, a cerca de 40 quilómetros da fronteira portuguesa, está a causar preocupação nos dois países. Portugueses e espanhóis temem o risco de contaminação por via aérea e fluvial. Deputados portugueses visitaram o local, onde pediram medidas firmas e urgentes ao Governo para travar o projeto. As autoridades de Espanha não acionaram o mecanismo de avaliação ambiental partilhada.

  • Mulher enterrada viva no Brasil
    1:13

    Mundo

    Uma mulher de 37 anos terá sido enterrada viva no oeste da Bahia, no Brasil. A certidão de óbito aponta um choque séptico como a causa da morte, mas os ferimentos com que foi encontrada no interior do caixão indicam um possível erro. Os moradores de casas vizinhas do cemitério municipal onde Rosângela dos Santos foi enterrada ouviram gritos vindos do túmulo.

  • "Os Estados Unidos são uma sociedade de pistoleiros"
    3:47
  • Trump desafia Oprah a candidatar-se para ser derrotada

    Mundo

    Apesar de Oprah Winfrey ter excluído uma eventual candidatura às eleições presidenciais dos Estados Unidos da América, Donald Trump ainda não se esqueceu dos rumores e desafiou a apresentadora a candidatar-se em 2020. Através do Twitter, o Presidente norte-americano disse ainda que assim poderia ser "exposta e derrotada como todos os outros".

    SIC