sicnot

Perfil

Economia

Governo vai reunir-se de novo com os parceiros sociais

O Governo reúne-se esta quinta-feira de novo com os parceiros sociais. Um dos temas que deverá estar em cima da mesa é a reposição dos 25 dias úteis de férias.

A medida vai ser proposta pela UGT que defende um aumento em três dias para trabalhadores mais assíduos. A regra já exisitiu, mas foi abandonada em 2012 pelo Executivo de Pedro Passos Coelho.


Do lado dos patrões, a Confederação do Comércio e Serviços de Portugal já veio dizer que está contra este aumento dos dias de férias. Todos os parceiros sociais vão levar à concertação uma espécie de lista de medidas prioritárias até ao final do ano.

Também a tentativa de acordo sobre o salário mínimo vai estar em cima da mesa, apesar de já ter entrado em vigor uma subida para 530 euros.

  • À redescoberta da Madeira, 16 anos depois
    1:59
  • Esquerda contra a venda do Novo Banco
    1:51

    Economia

    O futuro do Novo Banco promete agitar a maioria de esquerda nas próximas semanas. O Bloco de Esquerda e o PCP estão contra os planos de privatização e insistem que a solução é nacionalizar o banco. O Bloco de Esquerda defende que privatizar 75% é o pior de dois mundos. Já o PCP diz que o banco deve ser integrado no setor público.

  • Identificadas 10 mil vítimas de violência em 2016
    1:32

    País

    Há cada vez mais homens e idosos a pedirem ajuda à Associação Portuguesa de Apoio à Vítima. Segundo o relatório anual da APAV conhecido esta segunda-feira, foram identificadas quase 10 mil vítimas de violência no ano passado. Cerca de 80% são mulheres casadas e com cerca de 50 anos.