sicnot

Perfil

Economia

Preço das chamadas em roaming cai 77% em abril

Receber chamadas em roaming vai ser 77% mais barato este ano, ou seja, menos 3,86 cêntimos por minuto a partir de 30 de abril, segundo as novas regras definidas pela Comissão Europeia.

© Damir Sagolj / Reuters

Em comunicado, a Autoridade Nacional de Comunicações (ANACOM) informa que o preço das chamadas recebidas em roaming (serviço pago, prestado pelo seu operador, que lhe permite utilizar o seu equipamento móvel no estrangeiro) vai reduzir-se em 77%, passando dos atuais cinco cêntimos por minuto para 1,14 cêntimos por minuto.

O preço das chamadas feitas em roaming passará a ser aquele que é praticado no país de origem do consumidor, acrescido de uma sobretaxa de cinco cêntimos, exatamente a mesma regra que vigorará para o tráfego de dados (preço doméstico acrescido de cinco cêntimos por megabite).

No caso dos SMS enviados, o preço também será o praticado no mercado doméstico, mas acrescido de uma sobretaxa de apenas dois cêntimos.

Estes preços estarão em vigor entre 30 de abril de 2016 e 15 de junho de 2017, data a partir da qual não será cobrada qualquer taxa adicional, para além do preço retalhista doméstico, a um cliente que em qualquer Estado-membro da União Europeia faça ou receba chamadas em roaming, envie SMS ou utilize serviços de dados.

Contudo, acrescenta a ANACOM, o Regulamento permite que os operadores apliquem a chamada política de utilização responsável, segundo a qual, quando o roaming ultrapassar os limites da mesma, poderá ser cobrada uma pequena taxa, não superior ao limite máximo das tarifas grossistas que os operadores pagam pela utilização das redes de outros países da UE.

A Comissão, com apoio do BEREC, terá que definir os limites de utilização responsável até 15 de dezembro de 2016.

Lusa

  • Ronaldo terá colocado milhões de euros nas Ilhas Virgens britânicas
    4:15

    Desporto

    José Mourinho e Cristiano Ronaldo são apenas dois dos nomes da maior fuga de informação na história do desporto. A plataforma informática Football Leaks forneceu milhões de documentos à revista alemã Der Spiegel, entre os quais documentos que indicam que o capitão da seleção nacional terá colocado milhões de euros da publicidade nas Ilhas Virgens britânicas. Os dados foram analisados por um consórcio de 60 jornalistas, do qual o Expresso faz parte, numa investigação que pode ler este sábado no semanário.

  • Obama diz que Guterres "tem uma reputação extraordinária"
    1:38

    Mundo

    António Guterres diz que vai trabalhar com Barack Obama e também com Donald Trump, na reforma das Nações Unidas. O futuro secretário-geral da ONU foi recebido por Obama, na Casa Branca, onde recebeu vários elogios do presidente norte-americano.

  • Mãe do guarda-redes da Chapecoense comove o Brasil
    1:37
  • Dezenas de mortos em bombardeamentos do Daesh em Mossul

    Daesh

    Dezenas de civis, entre os quais várias crianças, morreram e outros ficaram feridos em ataques de morteiro efetuados pelo grupo extremista Daesh em Mossul, disse à agência Efe o vice-comandante das forças antiterroristas iraquianas.

  • Morreu o palhaço que fazia rir as crianças de Alepo

    Mundo

    Anas al-Basha, mais conhecido como o Palhaço de Alepo, morreu esta terça-feira durante um bombardeamento aéreo na zona dominada pelos rebeldes. O funcionário público mascarava-se de palhaço para ajudar a trazer algum conforto e alegria às crianças sírias, que vivem no meio de uma guerra civil.