sicnot

Perfil

Economia

Air France perdeu 70 ME de receitas em dezembro devido a atentados de Paris

A Air France-KLM anunciou hoje que os ataques terroristas de 13 de novembro em Paris reduziram o seu volume de negócios no último mês do ano em 70 milhões de euros.

Reuters

Reuters

© Christian Hartmann / Reuters

Contudo, o efeito foi amplamente minimizado ao longo das últimas duas semanas, segundo indicou o grupo franco-holandês.

"O impacto negativo dos ataques de Paris em dezembro nas receitas foi estimado em cerca de 70 milhões de euros, com uma flexibilização significativa nas últimas duas semanas. A tendência de reservas em dezembro esteve em linha com uma recuperação gradual", refere um comunicado do grupo, citado pela agência AFP.

O tráfego total da Air France, KLM e das subsidiárias 'low-cost' (HOP! e Transavia) em dezembro foi de 6,7 milhões de passageiros, um número "estável" relativamente ao mês anterior.

O grupo tinha estimado o impacto negativo dos ataques terroristas nas receitas em 50 milhões de euros em novembro.

A Air France-KLM também indicou anteriormente que espera ter regressado aos lucros em 2015 depois de anos de prejuízos. Os resultados anuais devem ser anunciados em fevereiro.

Os atentados terroristas em Paris fizeram 130 mortos e 350 feridos.

  • Francês detido em Antuérpia "queria matar"

    Mundo

    O Presidente de França François Hollande afirmou que o francês detido esta quinta-feira por conduzir um automóvel a grande velocidade na principal rua pedonal de Antuérpia, na Bélgica, "queria matar" ou "provocar um acontecimento dramático".

  • Mais de 20 milhões estão a morrer à fome em África

    Mundo

    África enfrenta a maior crise desde 1945, com mais de 20 milhões de pessoas a morrer de fome em três países, Sudão do Sul, Somália e Nigéria, disse esta quinta-feira um responsável do Programa Alimentar Mundial das Nações Unidas.

  • Menina "rouba" chapéu ao Papa
    0:27

    Mundo

    Estella Westrick tem apenas três anos, mas já conseguiu chegar aos jornais de todo o mundo, depois de "roubar" o chapéu do Papa. Durante uma visita da família na quarta-feira ao Vaticano, a criança - que não parece estar muito contente no vídeo - foi pegada ao colo por um dos funcionários do Vaticano, que a levou depois até ao Papa para receber dois beijos. Nesta altura, Estella aproveitou para tirar o solidéu episcopal, arrancando gargalhadas de toda a gente, especialmente do Papa Francisco.

  • Jovem violada em direto no Facebook não se sente em segurança

    Mundo

    A jovem de 15 anos que foi abusada sexualmente por cinco ou seis homens durante um vídeo em direto para o Facebook está a receber tratamento. A mãe da jovem deu uma entrevista, na qual disse que a filha já não se sente em segurança na sua vizinhança, depois de receber ameaças na internet.

  • Letizia, uma rainha da nova geração
    2:01