sicnot

Perfil

Economia

Santander foi o único a apresentar proposta vinculativa de compra do Banif

O Santander Totta foi o único a apresentar uma proposta vinculativa de compra do Banif, o esclarecimento acaba de ser publicado pelo Banco de Portugal. O supervisor reitera que só podia negociar a venda da atividade do Banif num contexto de resolução com instituições de crédito autorizadas, justificando assim o convite endereçado apenas ao Banco Popular e ao Banco Santander Totta.

Lusa

Lusa

Tiago Petinga

No mesmo comunicado, o Banco de Portugal adianta que a negociação só aconteceu no domingo, dia 20, no mesmo dia em que a decisão foi anunciada ao país porque na véspera, o Ministério das Finanças informou Carlos Costa que não tinha sido possível concretizar a venda do Banif, uma vez que todas as propostas entregues inicialmente implicavam a ajuda do Estado.
O supervisor escreve ainda que, nesse fim de semana, o Banif esteve risco de insolvência.

  • Estado reembolsa FMI em apenas 3,3 mil milhões dos 10 mil milhões previstos
    1:21

    Economia

    Este ano, o Tesouro português só vai reembolsar cerca de 3 mil milhões de euros ao FMI, ao contrário dos 10 mil milhões que estavam previstos pelo anterior governo. A injeção de dinheiro público no Banif e o atraso na venda do Novo Banco obrigaram a reduzir o montante dos reembolsos a fazer aos credores e aumentaram também a necessidade de financiamento do Estado.

  • Caso Banif domina segundo dia de campanha eleitoral
    1:32

    Presidenciais 2016

    A solução do Governo para o caso Banif dominou algumas das campanhas dos outros cinco candidatos, nesta segunda-feira. Cândido Ferreira exige uma auditoria a todo o sistema financeiro e Henrique Neto considera que o primeiro-ministro desiludiu muitos portugueses. O dia ficou ainda marcado por uma original ação de campanha de Vitorino Silva.

  • Costa confirma proposta recusada para o Banif
    2:24

    Banif

    O Governo viu-se obrigado a recusar uma proposta pelo Banif, vinda de um fundo norte-americano, que poupava 1.700 milhões de euros aos contribuintes. Isso mesmo foi confirmado pelo primeiro-ministro, numa edição especial do programa Quadradutra do Círculo, que será emitido esta noite na SIC Notícias. António Costa explica que o banco foi vendido ao Santander porque já não havia tempo para outra solução.

  • "É mais um notável tiro no pé de Passos Coelho"
    4:04

    Tragédia em Pedrógão Grande

    Miguel Sousa Tavares analisou esta segunda-feira, no Jornal da Noite, a polémica em torno de Pedro Passos Coelho, depois do presidente do PSD ter pedido desculpas por ter "usado informação não confirmada", ao falar na existência de suicídios, depois desmentidos, como consequência da falta de apoio psicológico na tragédia de Pedrógão Grande. Sousa Tavares considera que Passos Coelho deu "mais um tiro no pé" e defende que o líder da oposição "está notoriamente desgastado" e "caminha para uma tragédia eleitoral autárquica".

    Miguel Sousa Tavares

  • Este texto é sobre o bom senso. O bom senso que faltou a Passos Coelho quando, esta manhã, depois de uma visita pelas áreas ardidas de Pedrógão Grande, decidiu falar em suicídios. Passos não se referiu a tentativas, mas sim a atos consumados. Deu certezas. Disse que tinha conhecimento de “pessoas que puseram termo à vida” porque “que não receberam o apoio psicológico que deviam.”

    Bernardo Ferrão

  • Simplex+2017 promete simplificar burocracia
    1:08

    País

    Já está online o novo Simplex+2017, que vai simplificar a vida dos cidadãos, empresas e administração pública. Pagar impostos com cartão de crédito e ter o cartão de cidadão ou a carta de condução no telemóvel são alguns exemplos do que está previsto.

  • Homem fala ao telefone com o filho que pensava estar morto

    Mundo

    Um norte-americano que tinha estado presente no funeral do filho recebeu, 11 dias depois, uma chamada telefónica de um homem que o pôs em contacto... com o filho que havia enterrado semana e meia antes. Tudo por causa de um erro do gabinete de medicina legal.