sicnot

Perfil

Economia

Santander foi o único a apresentar proposta vinculativa de compra do Banif

O Santander Totta foi o único a apresentar uma proposta vinculativa de compra do Banif, o esclarecimento acaba de ser publicado pelo Banco de Portugal. O supervisor reitera que só podia negociar a venda da atividade do Banif num contexto de resolução com instituições de crédito autorizadas, justificando assim o convite endereçado apenas ao Banco Popular e ao Banco Santander Totta.

Lusa

Lusa

Tiago Petinga

No mesmo comunicado, o Banco de Portugal adianta que a negociação só aconteceu no domingo, dia 20, no mesmo dia em que a decisão foi anunciada ao país porque na véspera, o Ministério das Finanças informou Carlos Costa que não tinha sido possível concretizar a venda do Banif, uma vez que todas as propostas entregues inicialmente implicavam a ajuda do Estado.
O supervisor escreve ainda que, nesse fim de semana, o Banif esteve risco de insolvência.

  • Estado reembolsa FMI em apenas 3,3 mil milhões dos 10 mil milhões previstos
    1:21

    Economia

    Este ano, o Tesouro português só vai reembolsar cerca de 3 mil milhões de euros ao FMI, ao contrário dos 10 mil milhões que estavam previstos pelo anterior governo. A injeção de dinheiro público no Banif e o atraso na venda do Novo Banco obrigaram a reduzir o montante dos reembolsos a fazer aos credores e aumentaram também a necessidade de financiamento do Estado.

  • Caso Banif domina segundo dia de campanha eleitoral
    1:32

    Presidenciais 2016

    A solução do Governo para o caso Banif dominou algumas das campanhas dos outros cinco candidatos, nesta segunda-feira. Cândido Ferreira exige uma auditoria a todo o sistema financeiro e Henrique Neto considera que o primeiro-ministro desiludiu muitos portugueses. O dia ficou ainda marcado por uma original ação de campanha de Vitorino Silva.

  • Costa confirma proposta recusada para o Banif
    2:24

    Banif

    O Governo viu-se obrigado a recusar uma proposta pelo Banif, vinda de um fundo norte-americano, que poupava 1.700 milhões de euros aos contribuintes. Isso mesmo foi confirmado pelo primeiro-ministro, numa edição especial do programa Quadradutra do Círculo, que será emitido esta noite na SIC Notícias. António Costa explica que o banco foi vendido ao Santander porque já não havia tempo para outra solução.

  • Passos explica porque se irritou com Costa
    0:42

    Economia

    Depois das imagens em que surgiu visivelmente irritado com António Costa, no último debate quinzenal, Passos Coelho veio agora explicar porquê. Na discussão com o primeiro-ministro, o líder do PSD não gostou que Costa tivesse insinuado que a fuga de 10 mil milhões de euros para offshores tenha ocorrido por inação do Governo anterior.

  • Ferro Rodrigues desvaloriza críticas do CDS
    3:24

    Caso CGD

    Marcelo Rebelo de Sousa fez questão de receber em público Ferro Rodrigues antes de um almoço com o presidente da Assembleia da República. O Presidente também recebeu a representante do CDS-PP, Assunção Cristas, que foi apresentar queixa de Ferro Rodrigues e da maioria de esqueda em relação à comissão de inquérito da Caixa Geral de Depósitos. Ferro Rodrigues desvalorizou as críticas.

  • Luaty Beirão agredido em manifestação em Luanda
    1:27

    Mundo

    Luanda tem sido palco de várias manifestações contra a forma como está a decorrer o processo eleitoral em Angola. Esta sexta-feira, uma dessas manifestações acabou em confrontos com as autoridades. Entre os manifestantes estava o ativista Luaty Beirão.

  • Regime de Pyongyang nega envolvimento na morte de Kim Jong-nam 
    1:53

    Mundo

    A polícia da Malásia diz que o irmão do líder da Coreia do Norte foi morto com uma arma química. Os investigadores encontraram vestígios de gás VX no corpo de Kim Jong-nam, um gás letal proibido pelas convenções internacionais. O Governo da Coreia do Sul pediu esta sexta-feira ao regime de Pyongyang que admita que está por detrás da morte de Kim Jong-nam mas o mesmo já veio negar o envolvimento no assassinato.