sicnot

Perfil

Economia

Vários serviços estatais sem verba para cumprir todas as promessas do Governo

Vários serviços estatais sem verba para cumprir todas as promessas do Governo

Vários serviços do Estado estão a ter dificuldades em planear o pagamento dos salários destes primeiros meses do ano. Não há dinheiro nas tesourarias para cumprir todas as promessas do Governo.

  • Costa vai a Bruxelas pedir redução do défice a ritmo mais lento

    Economia

    Sob pressão do Orçamento do Estado, o Governo de António Costa vai a Bruxelas pedir mais tempo para cortar mais no défice. Segundo o Diário de Notícias de hoje, Portugal vai invocar os incumprimentos da Alemanha e da França que nos anos 2000 conseguiram suspender a aplicação do Pacto de Estabilidade para agora pedir que a Comissão Europeia aceite as novas metas do Executivo português.

  • O que está a mudar na Função Pública

    Economia

    As estruturas sindicais da administração pública reúnem-se hoje pela primeira vez com o ministro das Finanças, enquanto se discutem no parlamento os projetos de lei para repor o horário de trabalho semanal de 35 horas na função pública. Os funcionários públicos e do Setor Empresarial do Estado, que nos últimos cinco anos pagaram uma parte acrescida da fatura de austeridade, esperam agora que o novo Governo reverta a situação e lhes reponha os direitos e condições de trabalho.

  • Benefícios fiscais trouxeram a Portugal 10 mil estrangeiros em 2015

    Economia

    Os benefícios fiscais em Portugal atraíram mais de 10 mil estrangeiros no ano passado. A maioria vem com o estatuto de residente não habitual, que dá isenção total de IRS aos reformados por dez anos e 20% de isenção no imposto para profissionais que estiverem ligados a atividades de valor acrescentado como Psicologia, Investigação ou Medicina.

  • Trump e os jornalistas: uma relação (su)rreal
    2:08
  • Novo campo de refugiados construído em Mossul

    Mundo

    Um novo campo de refugiados foi construído em Mossul, no Iraque. Com cerca de 4 mil tendas, foi construído durante 45 dias para albergar os deslocados que se prevê que aumentem com a atual ofensiva militar na zona ocidental da cidade.