sicnot

Perfil

Economia

SATA sem ligações aéreas na manhã desta sexta-feira entre as ilhas dos Açores

A companhia aérea açoriana SATA não realiza durante a manhã desta sexta-feira voos que tinha agendado entre as ilhas dos Açores devido ao mau tempo, tendo reprogramado estas ligações para o início da tarde, disse fonte da empresa.

"Os aviões [A310] estão absolutamente obsoletos. Eu como passageiro não entrava num avião da SATA. O que é dado a ver ao passageiro não tem condições nem conforto em comparação com o que a nossa concorrência oferece", afirmou Luís Miguel Sancho. (Arquivo)

"Os aviões [A310] estão absolutamente obsoletos. Eu como passageiro não entrava num avião da SATA. O que é dado a ver ao passageiro não tem condições nem conforto em comparação com o que a nossa concorrência oferece", afirmou Luís Miguel Sancho. (Arquivo)

O porta-voz da companhia, António Portugal, adiantou à Lusa que, devido às previsões meteorológicas, "a SATA reprogramou os seus voos para que se iniciem a partir das 13:00" locais de sexta-feira (mais uma hora em Lisboa), indicando que estavam previstas, por exemplo, ligações para as ilhas de Santa Maria, Terceira, Faial, São Jorge e Graciosa.

António Portugal disse ainda que o voo da SATA Internacional de Boston para a ilha Terceira na sexta-feira, num avião que faria também a ligação com Lisboa, foi igualmente reprogramado.

Assim, o aparelho só deverá chegar durante a tarde à ilha Terceira de onde partirá para Lisboa pelas 17:30 locais, acrescentou.

O porta-voz da transportadora esclareceu pelas 20:00 que os passageiros estavam a ser informados das alterações aos voos.

O furacão 'Alex', que poderá provocar rajadas de 170 quilómetros/hora e ondas de 18 metros no grupo central dos Açores (ilhas Terceira, Graciosa, Faial, Pico e São Jorge), está a evoluir na direção do arquipélago e os seus efeitos deverão começar a fazer sentir-se a partir das 23:00 locais (mais uma hora em Lisboa).

Segundo o Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), para as ilhas do grupo central, o aviso vermelho para chuva vigora entre as 02:00 e as 14:00 de sexta-feira (mais uma hora em Lisboa), enquanto o mesmo aviso para o mar mantém-se entre as 05:00 e as 15:00.

O mesmo aviso vermelho, o mais grave numa escala de quatro, mas para o vento está em vigor entre as 05:00 e as 14:00 de sexta-feira no mesmo grupo.

Para o grupo oriental (São Miguel e Santa Maria) foi também emitido um aviso vermelho para chuva entre as 02:00 e as 14:00 de sexta-feira e para vento, esperando-se nestas ilhas rajadas até 130 quilómetros/hora entre as 05:00 e as 13:00.

Lusa

  • A casa dos horrores
    7:57
  • PGR e presidente do Supremo deixam recado à ministra da Justiça
    2:45

    País

    Durante a abertura do ano judicial, a Procuradora-Geral da República e o presidente do Supremo Tribunal aproveitaram para deixar um recado à ministra da Justiça: é urgente aprovar o novo estatuto de juízes e magistrados. O presidente do Supremo diz que é injusta a má imagem da Justiça e pediu contenção aos magistrados.

  • Rui Rio tem sentido "alguma turbulência" no PSD
    2:01

    País

    Rui Rio e Pedro Passos Coelho tiveram esta quinta-feira a primeira reunião, desde que foi eleito o novo líder do PSD. À saída, Passos Coelho desejou que esta transição decorra com naturalidade. Já Rui Rio disse que tem sentido alguma turbulência no partido.

  • Sindicatos rejeitam fim das baixas médicas até três dias
    2:02

    País

    A CGTP quer levar o tema das baixas médicas à Concertação Social, já a UGT diz que há outras matérias prioritárias. Ainda assim as duas centrais sindicais lembram que a não justificação de faltas pode dar origem a um despedimento por justa causa. Esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos propôs ao Governo que acabe com as baixas de curta duração, até três dias.

  • Papa interrompe percurso no Chile para ajudar polícia
    0:21
  • "Mundo à Vista" no Gana
    7:38