sicnot

Perfil

Economia

Défice do 4º trimestre tem de ser de 1% para cumprir meta

A Unidade Técnica de Apoio Orçamental (UTAO) estimou hoje que, para cumprir a meta do défice de 2015, revista para os 3%, é preciso que o défice seja de 1% no último trimestre, o que é "exequível" mas "exigente".

(Arquivo)

(Arquivo)

© Jose Manuel Ribeiro / Reuters

Na sua nota sobre as contas das administrações públicas até ao terceiro trimestre de 2015 em contas nacionais, a ótica que conta para Bruxelas, a que a Lusa teve hoje acesso, a UTAO escreve que, para alcançar a meta anual revista para 2015, de 3% do PIB, "será necessário que no quarto trimestre se registe um défice orçamental de 1,0% do PIB [Produto Interno Bruto], tanto em termos ajustados como em termos não ajustados excluindo o Banif".

Para a UTAO, "alcançar este resultado, embora seja exequível, afigura-se ainda assim relativamente exigente, tendo em conta que corresponde a um período em que ocorreu uma mudança do ciclo político, o que por si só tende a constituir um fator de incerteza acrescida em torno do desempenho orçamental por comparação com outros períodos".

Os economistas afirmam que, "apesar ter evidenciado uma melhoria face ao registado em termos acumulados nos trimestres anteriores de 2015, [até setembro] o défice permaneceu ainda assim acima da meta orçamental revista definida pelo Ministério das Finanças para o conjunto do ano", que aponta para um défice de 3% do PIB.

Os técnicos independentes que apoiam o parlamento recordam que o défice até setembro foi de 3,6% do PIB, "o correspondente a 3,4% em termos ajustados de operações extraordinárias".

"O défice registado até ao terceiro trimestre excede em 0,6 pontos percentuais o objetivo anual revisto de 3,0% do PIB, definido no Programa de Governo, que exclui o impacto esperado da venda e resolução do Banif realizada no quarto trimestre de 2015", indica a UTAO.

Excluindo do apuramento do défice todas as operações extraordinárias, "o desvio desfavorável face ao objetivo ajustado fixado em 2,8% cifra-se em 0,6 pontos percentuais do PIB", segundo a UTAO, que acrescenta que, em termos nominais, o défice registado até setembro "representa cerca de 90% do défice global projetado para o conjunto do ano (excluindo o Banif)".

Lusa

  • As primeiras decisões do Presidente Trump
    1:39
  • "Há sobretudo um fosso entre o discurso que Trump faz e os de Obama"
    6:13

    Opinião

    Cândida Pinto e Ricardo Costa analisaram a tomada de posse de Donald Trump. O diretor de informação da SIC disse que o discurso de Trump "mexe com a sua base de apoio" e defende que "a grande questão não vai ser a relação com a Rússia, mas sim com a China". Já a Editora de internacional disse que o discurso foi "voltado para dentro, nacionalista, partidarista, com ataque à elite de Washington".

    Ricardo Costa e Cândida Pinto

  • Celebridades protestam contra Trump
    3:00

    Mundo

    Tem sido assim desde a campanha e continua. Grande parte da comunidade de artistas não está nada contente com o Presidente eleito. Vários artistas aproveitaram o dia da tomada de posse para se reunirem em Nova Iorque e protestarem contra Donald Trump.

  • Artista que criou poster de Obama quer invadir EUA com símbolos de esperança

    Mundo

    Shepard Fairey - o artista por trás do tão conhecido cartaz vermelho e azul "Hope" de Barack Obama, durante a campanha eleitoral de 2008 nos EUA - produziu uma série de novas imagens a tempo da tomada de posse de Donald Trump, na sexta-feira. Agora, o artista e a sua equipa querem manifestar uma posição política com a campanha "We The People", contra as ideias que o Presidente eleito tem defendido.

  • Encontrados dez sobreviventes no hotel engolido por avalanche em Itália
    1:44
  • Cantora brasileira conhecida pela "Lambada" terá sido assassinada
    1:25

    Mundo

    Terá sido assassinada a cantora brasileira conhecida em Portugal pela "lambada", um ritmo que marcou o fim dos anos 90. Foi encontrada carbonizada dentro do próprio carro depois de assaltada em casa. Três suspeitos suspeitos do homicídio da cantora Loalwa Braz foram já detidos.