sicnot

Perfil

Economia

Governo quer retirar Contribuição do Audiovisual da fatura da luz

O Governo quer retirar da fatura da energia elétrica a Contribuição do Audiovisual e incorporá-la no universo das comunicações sem perda de receita para a RTP, segundo uma versão das Grandes Opções do Plano (GOP) para 2016-2019.

(Arquivo)

(Arquivo)

© CHRIS KEANE / Reuters

De acordo o documento a que a Lusa teve acesso, o executivo pretende avançar com a exclusão da contribuição do audiovisual da fatura da luz, incorporando-a "no universo das comunicações" e "sem perda de receita" para a televisão pública, conforme previsto no documento que incorpora as medidas resultantes das negociações do PS com o Partido Comunista Português (PCP), com o Bloco de Esquerda e com 'Os Verdes'.

Cobrada indiretamente através da fatura da eletricidade, a contribuição audiovisual é paga ao Estado e destina-se a financiar o serviço público de radiodifusão e televisão.

A contribuição para o audiovisual é de 2,65 euros por mês, a que se soma o IVA à taxa mínima de 6%, totalizando 2,81 euros.

Na semana passada, o tema foi levantado na audição do presidente da Entidade Reguladora dos Serviços Energéticos (ERSE), Vítor Santos, no parlamento, que explicou que a fatura da eletricidade sem a contribuição para o audiovisual teria uma redução de cerca de 6%, que subiria para os 13% no caso dos consumidores economicamente vulneráveis.

O regulador explicou que, numa fatura de eletricidade de 47,6 euros, a retirada da contribuição do audiovisual representaria uma redução de 6% para os consumidores.

Já para os clientes economicamente vulneráveis, com uma fatura média de 21,5 euros, a medida significaria uma redução de 13%, adiantou o presidente do regulador da energia.

Lusa

  • O insólito cartão amarelo mostrado a Felipe

    Desporto

    Aos 53 minutos do jogo desta quarta-feira entre o Sporting e o FC Porto, a contar para a Taça de Portugal, Jorge Sousa apercebe-se que Felipe enganou-se na camisola que vestiu ao intervalo. O defesa central reentrou com a camisola de Soares. O árbitro mostrou o cartão amarelo e mandou o jogador para o banco trocar de camisola.

  • Dez feridos ligeiros em naufrágio de embarcação em Cascais

    País

    Uma embarcação de recreio com 10 pessoas a bordo naufragou ao largo da Parede, na linha de Cascais. Todos os tripulantes foram resgatados pelas autoridades marítimas e bombeiros e apresentam escoriações ligeiras e sinais de hipotermia. O barco foi entretanto retirado da água e a marginal continua cortada ao trânsito.

  • PS apresenta Lei de Bases da Habitação para abrir debate sobre habitação acessível
    1:19

    Economia

    O PS quer avançar com uma Lei de Bases da Habitação. A proposta apresentada esta quinta-feira propõe a requisição de casas devolutas para habitação e apoios concretos para o arrendamento a preços acessíveis. O líder parlamentar do PS, Carlos César, diz que é tempo de abrir um debate sobre a habitação que acredita que pode resultar numa Lei ainda na atual legislatura.

  • A morte anunciada da ETA

    Mundo

    A organização separatista basca ETA vai anunciar a sua dissolução em 05 de maio, durante uma cerimónia marcada para Bayona, no País Basco francês, disseram à agência Efe fontes conhecedoras do processo.