sicnot

Perfil

Economia

Petróleo da OPEP nos 23,58 dólares atinge valor mais baixo desde abril de 2003

O petróleo de referência da OPEP cotou-se na segunda-feira a 23,58 dólares, menos 4,6% do que na véspera e o valor mais baixo desde abril de 2003, informou hoje em Viena a organização.

Com esta sexta depreciação diária consecutiva, a cotação da Organização de Países Exportadores de Petróleo (OPEP) acumula uma perda de 25% desde o início do ano.

Com o mercado já sobre abastecido há meses, a prevista chegada de mais petróleo iraniano, uma vez levantadas as sanções que limitavam a sua exportação, está ainda a empurrar mais os preços para baixo.

A cotação do petróleo da OPEP já está perto da margem mínima denominada "banda de preços", que o grupo utilizou como referência até 2003, e que fixava o preço entre 22 e 28 dólares.

A OPEP manteve este sistema aplicando o simples mecanismo de aumentar as extrações se a cotação superasse o limite máximo e diminuir se esta se situasse abaixo do limite mínimo.

A "banda de preços" perdeu sentido com a subida do preço do petróleo, que começou em 2003 e teve um ponto máximo em julho de 2008, quando o preço do barril da OPEP subiu até ao máximo histórico de 140,73 dólares.

Os preços do grupo petrolífero referem-se ao barril de referência da OPEP, que se baseia numa mistura de 12 qualidades de petróleo dos Estados-membros da OPEP e é um valor nominal, ou seja, não inclui a inflação.

O baixo nível dos preços deve-se ao excesso de oferta, com o qual a Arábia Saudita, "peso pesado" da OPEP, pretende "expulsar" produtores alternativos de petróleo mais caro, sobretudo nos Estados Unidos.

A este fator junta-se a perspetiva de um aumento a curto prazo das exportações petrolíferas do Irão depois do levantamento das sanções internacionais contra aquele país, no âmbito do acordo nuclear acordado em julho último.

A queda dos preços do petróleo agudizou-se no princípio de dezembro de 2015, depois de os ministros da OPEP não terem conseguido chegar a um acordo em relação a um 'plafond' conjunto de produção, apesar do excesso de oferta no mercado.

Este excesso de oferta de petróleo ocorreu numa altura em que os países emergentes, especialmente a China, reduziram as estimativas de crescimento económico e de consumo de energia.

Neste contexto, analistas de alguns bancos de investimento, como o Goldman Sachs, não afastam a hipótese de que a atual tendência possa afundar a cotação do petróleo até aos 20 dólares.

As últimas previsões da OPEP apontam para que o preço do barril de petróleo comece a recuperar este ano, depois da brutal queda de 2015 para os níveis mais baixos da última década, e suba até aos 80 dólares em 2020, e para os 160 dólares em 2040.

Este cálculo da OPEP consta do relatório Previsões Mundiais do Petróleo 2015 e foi feito com base numa estimativa de que a economia mundial cresça entre 3,5% e 3,7% no período entre 2016 e 2020, e entre 3,6% e 3,3% nas duas décadas seguintes

  • Explosão no aeroporto de Damasco

    Mundo

    Uma explosão de grandes dimensões atingiu, esta manhã, o aeroporto de Damasco, na capital Síria. O ataque terá sido realizado pelas forças israelitas.

    Em atualização

  • Habitantes de Almeida barricaram-se durante seis horas em agência da CGD
    2:31

    País

    Perto de 100 pessoas estiveram esta quarta-feira barricadas na agência da Caixa Geral de Depósitos em Almeida, distrito da Guarda. O protesto contra o encerramento da agência só terminou quase seis horas depois, com a garantia que os autarcas serão recebidos na próxima terça-feira pela Administração do banco público. 

  • Carro que atropelou adepto encontrado na casa de um amigo do suspeito
    2:18

    Desporto

    O carro que terá atropelado o adepto italiano que morreu junto ao Estádio da Luz foi encontrado esta terça-feira, numa garagem na Amadora, na casa de um amigo do suspeito. Trata-se de um homem na casa dos 30 anos que pertence à claque No Name boys e é agora procurado pela Polícia Judiciária.

  • Depois de dar a volta (de bicicleta de Lisboa a Setúbal)

    País

    Missão cumprida. A SIC foi dar uma volta de bicicleta, acompanhando a primeira etapa de uma iniciativa que pretende impulsionar o uso dos velocípedes no país. Ao longo desta quarta-feira, publicámos vários vídeos em direto na página de Facebook da SIC Notícias, que aqui reunimos, em jeito de balanço.

    Ricardo Rosa

  • Web Summit inaugura primeiro escritório fora da Irlanda em Lisboa
    1:58

    Web Summit

    A Web Summit inaugurou em Lisboa o primeiro escritório fora da Irlanda, que vai dar emprego a 20 pessoas, algumas portuguesas. O próximo objectivo é alargar eventos a outros pontos do país. A conferência internacional regressa a Lisboa entre 6 e 9 de novembro e a organização espera ter 60 mil participantes.

  • Ivanka Trump vaiada por defender o pai durante debate sobre igualdade de género
    1:51

    Mundo

    Com o propósito de criar pontes com Donald Trump, a chanceler alemã Angela Merkel convidou a filha mais velha do Presidente norte-americano para participar numa cimeira. No entanto as coisas não correram muito bem e Ivanka Trump foi vaiada pela audiência por ter defendido o pai quando o assunto era a igualdade de género. 

  • Papa apelou à revolução da ternura
    0:52
  • Irmã da mulher mais pesada do mundo acusa hospital de mentir

    Mundo

    A irmã da mulher egípcia que se acreditava ser a mais pesada do mundo acusou os médicos de mentirem acerca da sua perda de peso. No entanto, o hospital que realizou a cirurgia bariátrica já respondeu às acusações, defendendo que a mulher pesa agora 172 quilos.

  • Diário de John F. Kennedy vendido por 660 mil euros

    Mundo

    Um diário escrito por John F. Kennedy quando jovem, durante uma curta passagem pelo jornalismo, depois da II Guerra Mundial, foi vendido por mais de 700 mil dólares (642 mil euros), informou esta quarta-feira uma casa de leilões.