sicnot

Perfil

Economia

Trabalhadores da Autoeuropa regressam quarta-feira ao trabalho

Os trabalhadores da Autoeuropa regressam quarta-feira ao trabalho após um período de suspensão da produção que teve início a 11 de dezembro e que foi mais prolongado do que o habitual devido às obras de adaptação a uma nova plataforma de produção.

(Arquivo)

(Arquivo)

SIC

Segundo revelou à Lusa fonte da empresa, os trabalhadores regressam ao trabalho já na quarta-feira, mas o primeiro carro só sai da produção quinta-feira, dia 21 janeiro, pelo que a data do reinício da atividade da fábrica, em termos de produção, é o dia 21 de janeiro.

A fábrica de automóveis de Palmela escapou aos cortes nos investimentos provocados pelas dificuldades da Volkswagen devido a crise originada pela utilização de um dispositivo fraudulento para reduzir as emissões de gases durante os testes de medição dos níveis de poluição dos carros.

O grupo alemão suspendeu alguns investimentos que tinha em curso em várias fábricas, mas manteve o investimento previsto para a Autoeuropa, de cerca de 677 milhões de euros, em que estava incluída a adaptação a uma nova plataforma de produção na unidade de Palmela.

De acordo com as estimativas anunciadas pelos responsáveis da Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP) na assinatura do contrato com a Autoeuropa, este investimento deverá permitir a criação de 500 novos postos de trabalho na fábrica de Palmela e um aumento significativo das exportações.

A fábrica de automóveis da Autoeuropa só deverá começar a produzir um novo modelo a partir do segundo semestre de 2017.

Lusa

  • O fim do julgamento do caso BPN, seis anos depois
    2:26

    País

    O antigo presidente do BPN José Oliveira Costa tentou adiar o fim do julgamento principal do caso com um recurso para o Tribunal Constitucional. Apesar disso, a leitura do acórdão continua marcada para esta quarta-feira, quase seis anos e meio depois de os 15 arguidos se terem sentado pela primeira vez no banco dos réus.

  • José Oliveira Costa, o rosto do buraco financeiro do BPN
    3:04

    País

    José Oliveira Costa foi o homem forte do BPN durante 10 anos e tornou-se o rosto do gigantesco buraco financeiro. Manteve-se em silêncio durante todo o julgamento, mas falou aos deputados da comissão de inquérito, para negar qualquer envolvimento no escândalo que fez ruir o BPN.

  • Saída do Procedimento por Défice Excessivo marca debate no Parlamento
    1:40
  • Filhos tentam anular casamento de pai de 101 anos

    País

    O casamento de um homem de 101 anos com uma mulher com metade da idade, em Bragança, está a ser contestado judicialmente pelos filhos do idoso, que acusam aquela que era empregada da família de querer ser herdeira.